Diário do desfralde – segundo mês

O desfralde da Victoria começou em outubro. Você leu aqui sobre como foi a primeira semana. Um tempão já se passou desde o primeiro post, mas a verdade é que avançamos bastante, mas ainda não tiramos completamente as fraldas diurnas.

Pra quem já me conhece e é leitora dos meus posts, sabe que eu não sou muito chegada a radicalismos, sendo assim, estamos fazendo tudo com muita calma e naturalidade, então a experiência toda vem sendo muito gostosa e nem um pouco estressante. Mas a principal razão para eu estar prolongando tanto o desfralde completo diurno é que nos vamos viajar logo no dia primeiro de janeiro. E pra Orlando. Todo mundo sabe que apesar de muito organizado, é muito longo o caminho para achar um banheiro. E que, nessa fase, as crianças só avisam que querem fazer xixi/coco praticamente quando a coisa toda já esta rolando. Então, para evitar momentos desgastantes desnecessariamente, eu só vou terminar o desfralde completo diurno quando a gente voltar de viagem. Mas, ao mesmo tempo, eu não queria perder a oportunidade de fazer da creche da Victoria a minha maior aliada.

A rotina, neste momento, acontece da seguinte maneira:

1) Victoria acorda, tira pijama e fralda sozinha e vai ao pinico. Ela exclama pela casa: “hummmm que fralda mijada!” (thanks papai por ensinar a palavra mijada pra nossa filha). Não enrola a fralda e joga tudo torto na lata de lixo do banheiro.

2) Faz o seu pipizinho e se seca com uma folhinha de papel higiênico.

2) Minha pequena independente bate palmas pra ela mesma, chama todo mundo pra ver o xixi comprido, pega a cestinha com o xixi, joga no vaso sanitário e coloca no chuveiro pra lavar. No inicio era xixi pra todo lado, mas agora ela já consegue mirar e o xixi vai pro vaso sanitário principal sem maiores incidentes.

3) Ela entra no banho comigo ou alguém da banho nela, para depois tomar café e ir pra escola. Ela ainda vai pra escola de fralda, mas acho que hoje vou mandá-la direto de calcinha. Depois dou noticias.

4) Na creche ela fica sem fralda ate para a soneca da tarde. Eles estão bem satisfeitos com o progresso dela. Hoje, na maioria das vezes, ela volta pra casa sem acidentes. Mas ela ainda volta pra casa de fralda.

5) Chega em casa e repete o ritual 1 a 3. Só que dessa vez ela corre pro armário e coloca uma calcinha. Com esse calor, ela fica de calcinha e nada mais. Até ela efetivamente se arrumar pra dormir passa umas duas horas. Nesse período ela vai ao pinico sozinha, quantas vezes precisar. Com o calor carioca ela tem bebido mais água do que o normal.

6) Quando chega a hora de dormir, um dos sinais é que ela pede pra colocar a fralda. Nesse ponto é hora do banho, colocar fralda e pijama.

7) Ela dorme de fralda e acorda suuper cheia de xixi. Ela ainda mama de uma a duas mamadeiras a noite e ainda pede água. Já sei que teremos que mudar este hábito, antes do desfralde noturno.

Na rua

Ela sai de fralda pull up e calcinha. Estimulamos idas ao banheiro e o uso do vaso sanitário aonde estivermos. O banheiro não é infantil e não consegue segurar a pequena no ar e fazer com que ela acerte o alvo? Olha, faço uso de protetores de assento. Se não tiver, eu jogo gel bactericida, limpo com lencinho umedecido e seja o que Deus quiser. Se o banheiro for meio sujeba, eu digo: faz na fraldinha. De vez em quando ela acha ruim.

Dicas neste período

  • Estimule a independência. Trocar de roupa sozinho, tirar a fralda, colocar calcinha/cueca sozinho. Usar o pinico sem ficar chamando pelos pais a todo o momento.
  •  Se você, como eu, optou pelo desfralde light, manter um ritual faz com que a criança saiba quando usar ou não a fralda. Essa é a melhor maneira de evitar confusões.
  • Na rua, faça com que a criança conheça os banheiros e aos poucos o mantenha sem fralda também nos passeios. A gente tá chegando lá. Quando ela sai para o passeio matutino do final de semana, como estamos perto de casa, ela já vai sem fralda. Pra casa da família e amigos próximos também.
  • Não demonstre excitação ou ansiedade. Você passa os mesmos sentimentos pra criança e pode gerar momentos de estresse desnecessários. Sim, você vai acabar pisando num cocozinho dentro de casa e vai limpar pipis aqui e ali, inclusive na sua colcha nova e no seu sofá. Esteja preparada e leve tudo na esportiva.

No mais, avance aos poucos e sempre. Meu próximo post acontece em mais ou menos 15 dias. Até mais!

 

Postagem anterior
Meninas lindas e frescas para o verão
Próxima postagem
Apptoys: novos brinquedos que misturam o mundo real e o virtual

6 Comentários

  1. 6 de janeiro de 2013 at 23:25 — Responder

    Adorei Camila, você está me inspirando para um desfralde light por aqui também 😉

    • Camila
      8 de janeiro de 2013 at 4:53 — Responder

      que bom! estou voltando da disney nos próximos 10 dias e vou intensificar a coisa na volta. aqui ela esta passando o tempo todo de fraldas!

  2. Luciana
    14 de janeiro de 2013 at 23:35 — Responder

    Adorei estas dicas lights! Eu tava toda perdida para começar o desfralde, aí fiquei sabendo da forma mais radical e não curti mt… Tentei com a minha filha, mas senti q ela precisa de mais um tempinho, vou seguir tuas dicas.

    • Camila
      23 de janeiro de 2013 at 16:12 — Responder

      Luciana, que bom que você curtiu. Aqui em casa tivemos um pequeno retrocesso por conta da viagem, mas ela já chegou, já estamos deixando sem fralda em casa, na creche ela já comecou novamente e estamos confiantes que o desfralde diurno será finalizado mais rapidinho. Já o noturno….

  3. Gabriela
    17 de setembro de 2014 at 19:59 — Responder

    Meu filho tem 1ano e 4 meses estamos iniciando o desfralde dele também, amei as dicas e estamos pondo em pratica!

    • Camila
      18 de setembro de 2014 at 16:53 — Responder

      Gabriela, que bom! Depois conta como funcionou contigo! Beijo

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Diário do desfralde – segundo mês