Todas as mães precisam de ajuda

E você não pode se sentir culpada por isso.

 

Todas as mães precisam de ajuda. Eu e você sabemos disso muito bem.

Um pouco antes do Natal eu escrevi um post sobre o cansaço mental das mães. Me pareceu apropriado, por que dezembro as crianças entram de férias, fica todo mundo num frenesi para acabar coisas que poderiam ter sido feitas durante todo o ano. Ainda tem Natal, confraternizações e a sensação é de que chega abril, mas dezembro nunca acaba.

Ontem repostei o mesmo assunto no Instagram e, novamente, um monte de mães se identificando com a questão. O que me leva a crer em somente uma coisa:

As mães não têm ajuda o suficiente

Uma vida sem ajuda. Parece que eu estou chovendo no molhado. Mães sobrecarregadas é história mais velha do universo. Mas, somos uma rede tão grande e importante. Todas nós criamos, mesmo que virtualmente, uma rede de apoio emocional que nos ajuda nos tempos sombrios.

O Mundo Ovo existe por isso, e a mesma coisa acontece com outros blogs, grupos maternos, canais dos mais diversos tipos e modelos. E, sim, existimos para que todas nós possamos nos sentir acolhidas.

Mas a gente precisa de mais do que informação

Sim. Não adianta sermos as pessoas mais bem informadas da rede materna. Tem dias que sua criança em desfralde vai fazer xixi na cama três vezes em uma noite; seu bebê vai chorar sem motivo por cinco horas seguidas na madrugada; seu peito vai empedrar; você vai entrar em um estado de melancolia e não querer sair da cama por 24 horas. E você não pode estar sozinha sempre.

Bebês precisam de mais do que mães e pais. Nós precisamos de mais. Essa rede precisa ser maior. Precisa ter mais familiares, mais amigos, mais ajuda contratada, mais ajuda do Estado.

 

Todas as mães precisam de ajuda

 

E você não pode se sentir culpada por isso

Você não é menos mãe por que precisa de ajuda. Pode ter certeza de que ninguém cuida impunemente e completamente sozinha de um bebê, uma criança. É muito difícil, muito sofrido, é muita perda de sonhos e desejos para uma mãe se anular desta forma.

Existe uma gama imensa de pessoas que acham que você não está fazendo mais do que a sua obrigação. Que acha que a vida é esse espírito de sacrifício mesmo. Que é seu dever se anular completamente na função de mãe.

Mas não é bem assim

Sim, toda fase é meio difícil. Aqui no Mundo Ovo temos uma grávida de segundo filho e mãe de um pré-adolescente; uma mãe de recém-nascido e eu, mãe de uma menina recém-saída da primeira infância. Nossas necessidades são completamente diferentes.

E ainda assim nos relacionamentos em uma única coisa em comum: cada dia um perrengue diferente. Cada dia uma coisa muito legal acontece. Cada dia nossas crianças fazem algo que nos lembra que sim – apesar de toda maluquice –, ser mãe é bom demais.

 

 

Imagem destacada de Andrae Ricketts para Unsplash
Imagem Liv Bruce para Unsplash

 

como amarrar um sling
Postagem anterior
Como amarrar um sling?
gravidez tardia
Próxima postagem
Gravidez tardia: Meus medos ao engravidar com 39 anos

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Todas as mães precisam de ajuda