5 coisas que não se deve dizer a uma mãe de recém-nascido

Uma mãe de recém-nascido está, sem dúvidas, passando por um dos momentos mais difíceis da vida dela. Não é o momento de vir dar opiniões e palpites indesejados, certo? Aqui está uma lista do que não se deve dizer a elas.

A gente acha que a gravidez prepara a gente para lidar com opiniões sem-noção das pessoas. Mas assim que o bebê nasce as coisas ficam ainda mais chatas. Acredita. Todo mundo tem um palpite para dar para a mãe de recém-nascido. E eles normalmente são repetitivos e quase enlouquecedores.

mae de recem nascido

1. “O bebê está com fome”

O bebê chora. É assim mesmo. Nem toda vez que ele chora, ele está com fome. Mas você pode ter certeza de que sempre que ele abrir o berreiro vai ter alguém pra “avisar” à mãe que ele está com fome. Olha, é muito provável que a mãe saiba melhor do que ninguém quando o bebê está com fome.

Amamentando em livre demanda de leite materno ou fórmula, a mãe provavelmente sabe quando e quanto o bebê mamou pela última vez. E o “aviso” de que ele está com fome vindo de um terceiro, por vezes desconhecido, soa como uma acusação grave. Que mãe deixaria seu bebê passar fome? Que mãe se distrairia a ponto de esquecer de dar de mamar pro seu recém-nascido?

2. “Estou muito cansado essa semana, por isso eu _______”

Vai se ferrar, meu anjo. Tá todo mundo cansado, mas ninguém está mais exausta que a mãe de um recém-nascido. Acredita em mim. Então, é de bom tom não justificar qualquer coisa – principalmente se for algo como “não vou visitar o bebê” – com cansaço. A mãe de recém-nascido só não está doente de exaustão porque ela não tem esse direito.

3. “Aproveita porque passa muito rápido”

Passa rápido pra quem? Tudo o que eu mais quero é que o puerpério passe voando e eu nem me lembre mais desse período. O pós-parto é muito conturbado e recém-nascidos podem ser seres muito difíceis. Pode ser que eu sinta falta? Até pode ser que sim. Mas tudo o que queremos é que esses primeiros três meses passem bem rápido. E pode ficar tranquilo que todo os breves momentos de lucidez estão sendo bem aproveitados.

4. “Esse bebê está com frio, hein”

Existe um mito de que recém-nascidos sentem MUITO mais frio do que seres humanos adultos. Isso significa que vai ter sempre alguém pra te “avisar” que o bebê está com frio. Mesmo que ele não esteja. Mesmo que ele esteja literalmente suando no seu colo.
Eu tenho um bebê que sente muito calor e nós moramos no Rio de Janeiro. É muito raro que ele sinta frio. Em dias muito quentes, ele fica só de fralda sim, principalmente para mamar.
Mas basta ele resmungar ou ficar com o pézinho um pouco menos quente pra alguém vir me dizer que ele está com frio. Se começar a soluçar então, é certo. O mais curioso é que a mãe pode estar com o bebê no colo, saber que ele está quentinho e confortável e, mesmo assim, alguém vai dizer que tem que colocar uma meia na criança.

5. “Eu sempre deixei meu bebê fazer XYZ e ele está vivo e saudável”

Olha, o fato do seu bebê recém-nascido ter sobrevivido dormindo de bruços, ou com três banhos por dia, ou mamando leite em pó, ou sem tomar as vacinas, ou furando as orelhas na maternidade, ou comendo papinha antes dos seis meses, ou sendo deixado no berço chorando, não quer dizer que essas sejam as melhores decisões para ele.
A medicina evolui, a humanidade aprende formas mais seguras e eficientes de manter bebês vivos e saudáveis. Dar opiniões contrárias ao do pediatra, por exemplo, pode deixar mães puérperas inseguras e ainda mais confusas. Evitem.

Férias sem filhos
Postagem anterior
Férias sem filhos: além dos muros da maternidade
Festas de aniversário de verão
Próxima postagem
Detalhes charmosos para Festas de aniversário de verão

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

5 coisas que não se deve dizer a uma mãe de recém-nascido