Repouso na gravidez: 5 coisas que outras pessoas podem/devem fazer pela grávida

Repouso na gravidez é um saco. Aqui vai uma pequena lista do que você pode fazer pela “sua” grávida.

Repouso na gravidez é muito chato. É necessário para algumas, como foi para mim, eu sei. Mas é muito chato.

É um saco ficar o dia todo deitada (do lado esquerdo, claro), enquanto você está se sentindo muito bem (que foi o meu caso). Ficar parada é entediante. Pedir favores o tempo inteiro é um inferno para quem está acostumada com a sua autonomia.

E claro, mais pro final da gravidez, é especialmente mais complicado. É quando a gente tem um monte de coisa pra resolver, é quando estamos tendo aquelas crises de nesting.

Se você faz parte da rede de apoio de uma grávida em repouso, saiba que tem muitas coisas que você pode fazer por ela. Tanto para ajudar no dia a dia, quanto para dar aquela acalmada providencial na alma.

o que fazer pela mulher de repouso na gravidez?

repouso na gravidez
Photo by Felipe P. Lima Rizo on Unsplash

Se antecipe às necessidades

Pessoalmente, eu acho pedir ajuda o tempo todo, para as coisas mais triviais, bem chato. Se você está ajudando a grávida de repouso, ou só fazendo companhia, não espere ela pedir alguma coisa.

Tente ficar atenta ao que ela precisa: um copo d’água, uma almofada extra, almoço… Não pergunte se ela precisa que lave a louça ou pegue um cobertor em cima do armário. Ela pode ficar sem graça de dizer que sim. Simplesmente vá lá e faça.

Leve comida, mas pergunte o que ela quer

Eu fiquei de repouso um bom tempo observando a pressão (que estava um pouco alta). Nesse caso, eu também fiquei numa dieta rica em proteína e sem doces para controlar o peso. E você sabe o que to-do mundo ama dar pra grávida: chocolate.

Não me entendam mal. Eu amo chocolate, amo doce, pode me dar doce sempre. Mas é sempre bom perguntar pra mulher de repouso na gravidez se ela pode ou não comer o que você está levando. E é sempre bom perguntar se, além do chocolate, ela também precisa de comida de verdade. Provavelmente sim.

Não questione o repouso

Ficar de repouso é bem chato. Ninguém quer ficar de repouso. Não é como tirar férias, não é como um feriado preguiçoso. Você está ali confinada a um pequeno espaço de circulação apenas, com pouca coisa para fazer.

Dependendo do caso, a mulher está confinada à própria cama ou à cama do hospital e é pior ainda. Então, não fale coisas como “ah, mas você pode dar um pulinho no shopping, né?” ou “não é possível que você não possa ir ali na farmácia”.

Não pode. E questionar faz com que a grávida fique culpada e irritada.

Faça companhia, mesmo que virtualmente

Em dois ou três dias de repouso, eu já estava bem entediada. Mesmo trabalhando deitada com o computador no colo, os dias pareciam sem fim. Foram vários episódios de série, alguns textos, livros e joguinhos no celular e mesmo assim, o tempo parece não passar.

A companhia nessas horas faz toda a diferença. Se você conhece uma mulher de repouso na gravidez, vá até ela fazer companhia, assistir um filme, fazer um spa day, que seja. Se não puder, chame pra conversar sobre amenidades. Alguns dias eu fiquei comentando programas ruins com uma amiga pelo whatsapp durante a noite e foi ótimo.

Não cobre o fim do repouso

“E aí, quando esse repouso acaba?” Essa frase podia entrar na lista de perguntas desagradáveis durante a gravidez. A mulher de repouso na gravidez não sabe quando o repouso acaba, porque ele só acaba quando estiver tudo bem. Pode ser que só termine quando o bebê nascer.
E acredite: ela é a pessoa mais ansiosa para esse fim. Então, não diga que o repouso parece interminável pra você, porque deve estar no limite para ela.

 

imagem de destaque Toa Heftiba on Unsplash

Postagem anterior
Como fazer seu filho comer mais legumes e verduras
Uma seleção especial de livros para bebês
Próxima postagem
Uma seleção especial de livros para bebês

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Repouso na gravidez: 5 coisas que outras pessoas podem/devem fazer pela grávida