Guardar ou não guardar os dentes de leite?

Guardar os dentes de leite que caem é tradição indiscutível para uns. Enquanto isso, algumas pessoas dispensam (e desprezam) o costume. O que você acha?

Toda mãe sabe o sofrimento que é o nascimento dos dentes do bebê. São dias de muito choro, dor, baba e manha. Nada mais natural do que querer guardar os dentes de leite depois que eles caem. São quase troféus de superação de um período complicado.

Ao mesmo tempo, muitas mães questionam: por que guardar os dentes de leite se eles não servem pra nada? Outras dizem que é um tanto macabro (será?) guardar “partes do corpo” das crianças com memória.

guardar dentes de leite depois que caem

Por que guardar ou não guardar os dentes de leite depois que eles caem?

Para quem nem pensa em jogar os dentinhos da cria fora, a resposta é certa. É tradição. Provavelmente sua mãe guardou seus primeiros dentes de leite. E assim fez a mãe dela também. Em muitas famílias, a tradição manda inclusive fazer colar (ou brincos) com os primeiros dentes caídos.

Não dá para negar que é uma forma de lembrança que vai além de fotos ou de registros no livro do bebê. Muitas mães vão ainda mais além e guardam a primeira mecha de cabelo cortada ou até o toco do umbigo depois que ele cai. Depende do gosto e dos costumes da família.

Há também o lado “lúdico” de guardar os dentes. Algumas mães dizem que os filhos gostam de ver os dentes de leite e ainda contá-los para saber quais serão os próximos a cair. Outras fazem questão de manter a ideia da fada do dente viva e ativa.

Mas tem gente que não liga. Nem para guardar, nem para se reconectar com essas partes perdidas de si, guardadas e revividas. Afinal, não é porque é tradição para algumas famílias que você também tem que cumprir com o costume. Você tem o direito de achar sem propósito e até um pouco nojento.

Você também tem o direito de não se cobrar a função de guardar os dentes. É mais uma coisa que a gente tem que organizar e tomar conta, né? Muita mãe que perde os dentinhos e não sabe onde guardou, por exemplo. Acontece, não precisa se martirizar por causa disso.

Como guardar os dentes de leite?

fontes imagens: álbum dental, pingente de dente, caixa de madeira

Sim, tem gente que nem pensa em guardar os dentes de leite da criança. Muita mãe é mais apegada às roupinhas de recém-nascido, aos primeiros brinquedos preferidos…

Para quem pretende guardar os dentes de leite da criança, existem diversos métodos, com os preços mais variados. Procurando no google ou em sites como o Elo7, você consegue achar umas caixinhas bem fofas. Tem desde caixas de plástico (em formas de personagens e de monstrinhos) até umas de madeira mais elaboradas.

Algumas caixinhas guardam toda a dentição trocada, outras têm o objetivo de guardar aquele dentinho único especial (o primeiro?). Existem também os álbum dental, em que você registra mais detalhes sobre o processo (as mães virginianas piram). E sempre tem aquela possibilidade em fazer colares, brincos e jóias, tradição desde o tempo das nossas bisavós.

O que você acha sobre guardar os dentes de leite?

++ LEIA TAMBÉM: Bancos para armazenar a popa de dentes de leite para extrair células tronco ++

imagem de destaque Eddie Kopp on Unsplash

Quantas vezes os casais fazem sexo até conseguirem engravidar
Postagem anterior
Quantas vezes os casais fazem sexo até conseguirem engravidar?
10 verdades sobre as crianças MUITO VERDADEIRAS
Próxima postagem
10 verdades sobre as crianças MUITO VERDADEIRAS

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Guardar ou não guardar os dentes de leite?