Decidi engravidar e agora?

Por maior que seja o desejo de ter um filho, a decisão de engravidar sempre vem acompanhada de muitas dúvidas e um tremendo frio na barriga. Será que é a hora mesmo? Como vou conciliar um filho com a minha vida profissional? Tenho dinheiro para isso? Vou ser boa mãe?

Calma, isso não significa que você precise desistir da ideia. É normal se fazer tantas perguntas e rolar uma insegurança, é uma decisão muito importante mesmo que deve ser ponderada com calma. Mas tenho cá minhas dúvidas se tem gente que fica 100% tranquila, acho que sempre vai ter uma coisa na nossa vida que a gente acha que poderia estar melhor, e vai rolar um pouco de insegurança mesmo.

Se você tomou a decisão de engravidar, existem alguns passos que você deve fazer para ficar mais tranquila, confiante e ter uma gravidez saudável e tranquila.

 

Vá ao ginecologista

Converse com seu ginecologista sobre o seu desejo de engravidar. Ele pode pedir alguns exames para se certificar que esteja tudo bem.

engravidar

Shutterstock

Comece a tomar ácido fólico

Seu ginecologista deve ter recomendado isso no passo anterior, mas como é muito importante, resolvemos abrir um tópico só pra ele. O ácido fólico é uma substância que evita defeitos no bebê e o ideal é que a mulher comece a tomá-lo pelo menos três meses antes de engravidar.

 

Plano de Saúde ou pré-natal na rede pública?

Se você ainda não tem plano de saúde, saiba que a maioria deles tem carência de dez meses para gravidez. É importante ver quais os hospitais e profissionais o seu plano cobre, se há reembolso. Se quiser mudar a categoria do plano, também é preciso fazê-lo antes de engravidar. Algumas maternidades particulares têm planos especiais para quem não tem plano de saúde.

O atendimento pelo SUS é um direito de todas as mulheres. Informe-se nos postos sobre o pré-natal.

 

Organize sua vida financeira

Hora de se organizar financeiramente e fazer um planejamento dos gastos que virão pela frente!

Aproveite para mudar hábitos que não sejam saudáveis

Se você fuma, a hora de parar é agora! Encha a geladeira de alimentos saudáveis e comece a comer melhor. O ideal é que você esteja com o peso certo ao engravidar, nem a mais, nem a menos. Diminua gradativamente a quantidade de café. E se exercite!

Shutterstock

Vá ao dentista

Essa nem todo mundo sabe, mas por conta das alterações hormonais é normal a mulher ter problemas dentários e na gengiva. Cada vez surgem mais estudos comprovando que as doenças na boca podem afetar a gravidez, até fazendo o bebê nascer prematuro, por exemplo.

 

Crédito da imagem em destaque: Shutterstock

 

Educar crianças feministas
Postagem anterior
Como educar crianças feministas?
a mãe que seu filho precisa
Próxima postagem
A mãe que você quer ser nem sempre é a mãe que seu filho precisa

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Decidi engravidar e agora?