Por que as crianças mentem?

Em cada faixa etária a mentira cumpre uma função e pode mascarar questões mais profundas

 

As crianças mentem. Fato.

Na verdade, durante um tempo eles misturam ficção com realidade e fantasiam um bocado. Mais tarde, eles passam a esconder informações ou contar mentiras inofensivas para se safar de alguma enrascada.

Se o seu filho começou a inventar histórias mirabolantes e mentir sobre coisas triviais ou esconder situações para se livrar de alguma bronca, calma. Ainda não é motivo para se preocupar. Veja aqui as principais causas e, enquanto vocês esperam esse momento passar, continuem atentos.

Entre três e cinco anos

Essa é a fase dos amigos imaginários e também não distinguem claramente a fantasia da realidade. É comum chegarem em casa da escola contando uma história louca que envolveu três amiguinhos, um elefante roxo de bolinhas amarelas e alguma coisa voadora. E eles juram de pés juntos que aconteceu mesmo. Não por que mentem, mas por que realmente acreditam nisso.

Algumas vezes, esses amigos imaginários fazem coisas que eles gostariam de fazer, mas não conseguem ou são proibidos de fazer (como por exemplo, só usar vestido cor de rosa ou pular da janela para voarem).

É também a fase que eles estão aprendendo sobre certo e errado e são muito julgadores e dedos-duros. O que costuma ser engraçado, pois eles chegam cheios de razão e moral pra dedurar que o amiguinho pegou uma bola fora de hora.

Nessa fase, acredita que dói menos e ouça os seus filhos atentamente. Através dessas histórias fantasiosas você consegue perceber se ele está com alguma questão a ser resolvida em sua cabecinha ou só se divertindo. Essa fase costuma passar sozinha à medida em que crescem.

Entre seis e oito anos

Aqui eles já sabem exatamente o que é real da fantasia e sabem exatamente o tamanho da encrenca em que vão se meter quando fazem algo errado. Então, nessa fase é comum agirem por impulso (afinal são crianças) e algo dar errado e eles omitirem de forma tão elaborada como se a vida deles dependesse disso.

Recentemente, Victoria derrubou meu esmalte vermelho novo dentro da bolsinha de esmaltes enquanto tentava passar nas unhas do pé. Além disso estava com os pés todos borrados. Qual a sua solução? Colocar meias e esconder a caixinha de esmaltes debaixo da cama. Quando eu cheguei em casa do trabalho uma Victoria com muito frio (embora estivesse calor), passeava de meias pela casa. Na hora do banho, não teve jeito e eu vi aquele monte de unha borrada de esmalte. Primeira bronca. E eu, nem pensei em ver bolsinha de esmalte.

Dois dias depois, enquanto passava a vassoura embaixo da cama dela vejo a minha bolsinha imunda, esmalte aberto escorrendo e vazio. Virei um monstro e ficou de castigo duas vezes: sem comer doces por duas semanas por causa da mentira e sem tablet por uma semana por usar esmaltes quando ela sabe que ainda não tem idade. Mentir foi muito pior do que a besteira que fez e eu conversei com ela duramente sobre isso, para deixar bem claro.

Aqui é o típico caso de o desejo ser muito maior e incontrolável do que seu discernimento. Sim, eles já sabem a diferença entre o certo e o errado, mas não conseguem se controlar, mesmo que isso signifique algum tipo de punição.

Eles também podem mentir por estarem com algum problema. Se dizem que não têm dever de casa de matemática, mas estão com problemas em entender a matéria, ou mesmo conflitos com os amigos, quando oferecemos para convidar um amiguinho para brincar aqui em casa, mas eles preferem outro, porque anda com problemas com aquele amigo em particular, mas não querem admitir, lidar ou pedir ajuda.

Aprenda a confiar

De todo modo, independentemente da idade, é importante estarmos atentas ao que essas pequenas mentiras podem estar tentando encobrir. Antes de proibir picolé por dois anos, vale a pena destrinchar a história toda tim tim por tim tim e ajudar o seu filhote caso esteja em apuros. E lembrem-se: confiança em primeiro lugar. Para ele saber que você oferece o ombro amigo em todas as etapas de sua vida é importante que você acredite nele, dê um voto de confiança ou uma segunda chance de fazer o correto. Diálogo funciona muito melhor do que castigo.

 

Imagens: Shutterstock

 

roupa que cresce
Postagem anterior
Peti Pli: Roupa que cresce com a criança
album do bebe
Próxima postagem
Três formas modernas de fazer um Livro do Bebê

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Por que as crianças mentem?