Por que cada vez mais crianças estão entrando na puberdade antes da hora?

Estudos comprovam que a puberdade está vindo cada vez mais cedo, principalmente entre as meninas.

Sabe aquela sensação de encontrar a filhinha de uma amiga em um dia e, quando você a vê de novo, a menina já está parecendo uma “mocinha”? Tenho percebido isso acontecer cada vez mais – e, muitas vezes, com crianças cada vez menores. Será que o tempo passou tão rápido assim ou realmente a infância vem “encolhendo”? E, será que começamos a achar “normal” que a infância esteja cada vez menor?

Talvez as duas coisas estejam acontecendo… Estudos comprovam que a puberdade está vindo cada vez mais cedo, principalmente entre as meninas. Mas, antes de tentar entender os motivos para isso, é importante saber que nem sempre isso é “normal” e que vale a pena conhecer mais a fundo esta questão.

Causada pela elevação dos hormônios sexuais, a puberdade precoce apresenta os mesmos sinais de uma puberdade normal, com a diferença que acontece mais cedo do que o esperado – antes dos 8 anos em meninas e antes dos 9 em meninos. A primeira manifestação em meninas é o aparecimento do broto mamário e, nos meninos, o aumento do volume testicular. Outros sinais são os surgimentos de pelos pubianos e nas axilas, acne e odor corporal.

puberdade precoce em criancas

Existem várias prováveis causas da puberdade precoce.

De acordo com o site Scientific American, uma das causas, entre as meninas, é a obesidade, pois o tecido gorduroso secreta hormônio feminino, o estrogênio. Outra hipótese é o contato com algumas substâncias capazes de alterar o funcionamento do sistema endócrino-hormonal, os chamados desreguladores endócrinos. Essas substâncias estão presentes em agrotóxicos, plásticos, poluentes, dentre outros.

Um dos suspeitos é o bisfenol A, que foi proibido de ser utilizado em mamadeiras pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, em 2011 (mas continua sendo usado em latas de refrigerantes e outras embalagens). Outro provável causador é o estresse. Violência, abuso sexual e ausência dos pais podem ser alguns gatilhos capazes de acelerar a puberdade. Para as mães que estão na menopausa e usam cremes de reposição hormonal, é preciso tomar cuidado para que a criança não tenha contato com a substância.

O amadurecimento precoce tem como principal consequência física a baixa estatura, mas não é só isso. Além da questão física, a preocupação com a questão psicológica da criança também é um dos pontos mais importantes. Ao se desenvolverem mais cedo, meninas e meninos podem sofrer bullying dos colegas, além de ambos os sexos sofrerem com um sentimento de inadequação, por serem diferentes dos amigos.

Por isso, é essencial ficar alerta aos sintomas do problema e tentar contê-los o mais rápido possível. Atualmente, existem opções de tratamento para a puberdade precoce, que podem retardar sua evolução. Portanto, converse com seu pediatra e visite um endócrino-pediatra se notar qualquer sinal. Não deixe para amanhã. É importante que a puberdade precoce seja diagnosticada e tratada no momento correto!

 

 

imagem em destaque Janko Ferlič

 

 

Este conteúdo recebeu o patrocínio da AbbVie Brasil.

publicidade

melhores brinquedos
Postagem anterior
Os 62 melhores brinquedos já inventados
decoracao para quarto do bebe
Próxima postagem
Decoração para o Quarto do Bebê: Marcas de mães empreendedoras

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Por que cada vez mais crianças estão entrando na puberdade antes da hora?