Aprender a pular com dois pés juntos é sinal que seu filho está pronto para o desfralde?

Desfralde é um assunto que a gente fala com frequência aqui no Mundo Ovo. Há algumas semanas atrás colocamos um link de um de nossos posts na página do Facebook e uma leitora fez um comentário que chamou nossa atenção. Ela disse que aprendeu que a criança está pronta para o desfralde quando consegue pular com os dois pés juntos. E não foi a única. Em seguida, outra leitora confirmou que já tinha ouvido a mesma coisa.

Confesso que nunca tínhamos ouvido nada a respeito. Será que é tão simples assim saber qual o momento certo para começar a retirar a fralda, basta observar quando a criança é capaz de pular com os dois pés juntos? Decidimos pesquisar sobre o assunto para descobrir se isso é mito ou verdade.

Bem, não encontramos nenhum artigo científico que falasse sobre isso especificamente. Mas verdade seja dita, tampouco existe um consenso científico sobre qual a melhor idade para o desfralde, ou como ele deve ser conduzido. Porém, estudos comprovam que o desfralde demora mais tempo quando se tenta adiantar o processo, quando a ansiedade dos pais ou a pressão da escola forçam um processo sem que a criança esteja pronta para isso. Ou seja, o que é cientificamente comprovado até agora é que a criança deve conduzir o processo, não os pais! Portanto o mais importante é observar os sinais emitidos pela criança.

Em um texto excelente publicado no site Cientista que virou mãe (vai lá ler!), a bióloga Zioneth Garcia explica o desfralde como um processo que acontece em três dimensões: neurofisiológica, comportamental e psicossocial. E ele depende de uma série de fatores, que podem ou não se desenvolverem simultaneamente.

Portanto, não é um único marco de desenvolvimento, como pular com dois pés juntos, que vai garantir que a criança esteja 100% pronta para o desfralde.

Em primeiro lugar, a criança precisa aprender a controlar seus esfíncteres. E isso não pode ser ensinado, mas adquirido, pois depende do amadurecimento neurofisiológico do seu organismo. De acordo com a Academia Americana de Pediatria a criança não tem controle sobre a bexiga ou o intestino antes dos 12 meses e só passa a ter um pouco de controle por volta dos 18 meses.

Em seguida, a criança precisa aprender todas as pequenas ações que envolvem uma ida ao banheiro: identificar a vontade, aprender a abaixar a calça, a calcinha ou a cueca, sentar, fazer xixi ou cocô, pegar o papel higiênico, dar descarga, lavar as mãos etc.

“Não é raro que alguns textos sinalizem a aquisição de habilidades como correr, subir escadas sem apoio ou pular em um pé só como marcadores ou sinalizadores de que a criança PODE estar pronta para o desfralde, justamente porque esses comportamentos sinalizam a presença de um sistema neurológico com maiores chances de estar amadurecido.”, escreve Zioneth.

Além disso, a criança tem que estar emocionalmente pronta para o desfralde. Ela precisa demonstrar interesse pelo assunto, não ter medo. Se houver uma resistência muito grande, o melhor a fazer é esperar. Ninguém pode controlar quando a criança vai urinar ou defecar além dela mesma. Não entre numa disputa de poder. A criança tem que querer.

Sinais que a criança está pronta para o desfralde

A maioria dos especialistas concorda que é melhor esperar pelo momento em que a criança esteja saudável (sem diarreia ou prisão de ventre, por exemplo); relaxada (sem nenhum mudança muito grande em sua vida, como uma mudança, por exemplo) e cooperativa.

Depois disso as opiniões variam.

A Academia Americana de Pediatria recomenda que se observe alguns dos seguintes sinais para saber se a criança está pronta:

 

  • A criança consegue ficar pelo menos duas horas seguidas com a fralda seca ou fica com ela seca depois de uma soneca;
  • Os movimentos do intestino ficam regulares e previsíveis;
  • A expressão facial, a postura ou as palavras demonstram que a criança está prestes a fazer xixi ou cocô;
  • A criança consegue seguir instruções simples;
  • A criança consegue andar até o banheiro e ajuda a tirar a roupa;
  • A criança fica incomodada com a fralda cheia e quer ser trocada;
  • A criança pede para usar o banheiro ou o penico;
  • A criança pede para usar calcinha ou cueca de criança grande.

Aprender a pular com dois pés juntos

Postagem anterior
Tal pai, tal filha? Dicas de compras para pais e suas menininhas
Preparando os seios para a amamentação
Próxima postagem
Preparando os seios para a amamentação

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Aprender a pular com dois pés juntos é sinal que seu filho está pronto para o desfralde?