Adesivo de parede em quarto de criança

Adesivo de parede em quarto de criança é curinga na decoração

 

No mundo todo vemos transformações significativas em casas e apartamentos feitas pelos próprios moradores. A internet é um soco abaixo da linha da cintura para quem é minimamente desajeitada, como eu, que vê todos aqueles passo a passo e se acha incapaz de sequer comprar a lista de materiais, ainda mais executar o passo um.

Dentre as transformações mais bacanas estão os adesivos de parede. Além de ser fácil de aplicar, causa uma mudança radical em pouco tempo.

No mercado encontramos adesivos vinílicos para todos os ambientes. Nos quartos infantis é ainda mais vantajoso:

 

  1. Baixo custo: São encontrados por valores bem acessíveis que variam de acordo com tamanho ou complexidade de design;
  2. Durabilidade: Normalmente os fabricantes oferecem a garantia de um ano, entretanto se forem bem instalados, podem permanecer intactos ate quatro anos nas paredes;
  3. Não danifica a superfície que será aplicada – se for pintura, azulejo, fórmica, etc; É importante a superfície estar sem resíduos.
  4. Fácil limpeza;
  5. Não acumula poeira: ótima opção para bebês e crianças alérgicas;
  6. Fácil aplicação.

 

 

Com um pouquinho de atenção e cuidado, é possível aplicar o revestimento sozinho ou até mesmo em parceria com os filhos, a fim de curtir um momento em família e estimular a criatividade da garotada.

Os adesivos pequenos são encontrados em cartelas e descolam facilmente para a aplicação. Podemos colar aleatoriamente ou seguindo simetrias ou sequências.

Já os adesivos com desenhos médios e grandes são vendidos com um transfer transparente, que facilita testar antes de finalizar a colagem. Ao definir o local é só descolar o filme e colar na superfície. Sugerimos o uso de uma espátula para esticar bem. Caso não tenha em casa, essa ferramenta pode ser substituída por um cartão plástico (como um cartão de crédito).

Existem alguns modelos educativos que auxiliam no desenvolvimento e aprendizado – como exemplo, o alfabeto ou os números, outros com mensagens divertidas. O desafio é o processo de escolha, pois a gama de opções é enorme e se adequam a qualquer um dos cômodos da casa.

 

Agradecemos a Cristina Dos Santos Cosme, arquiteta e proprietária da Ri-Po-Pi, pelas imagens e dicas

Postagem anterior
Bebês reconhecem rostos antes mesmo de nascer, revela nova pesquisa
Esmalte infantil: crianças podem usar esmalte?
Próxima postagem
Esmalte infantil: crianças podem usar esmalte?

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Adesivo de parede em quarto de criança