Rotina em uma casa com bebê e sem ajuda

Se você não quis ou não tem condições de contar com alguém para te ajudar nos cuidados da casa durante os primeiros meses de vida do bebê não vem ao caso, o fato é que essa é a sua situação e você está estressada e sem saber como dar conta. Primeiro gostaria de te contar que não, você não vai dar conta. Pelo menos não como antes. É hora de abaixar as expectativas e se adaptar à nova realidade. Sua casa vai ser menos arrumada e mais cheia de amor – está bom assim pra você?

Para organizar a rotina da casa é fundamental respeitar primeiro às necessidades do bebê: é ele quem vai ditar o ritmo. Com o tempo, já é possível saber aproximadamente os horários das mamadas, das sonecas, do banho, do passeio etc. e fica mais fácil se organizar em torno disso.

 

Veja um exemplo de rotina (tirando a parte de amamentar, tudo pode ser feito pela mãe e/ou pelo pai):

Bebê acorda, você também. Ele mama, você troca a fralda e os dois voltam para dormir um pouco mais porque ninguém é de ferro.

Bebê acorda de novo ou você levanta primeiro para tomar café e fazer a cama, os dois se arrumam para o passeio na pracinha. Hora de tomar um solzinho e brincar com outras crianças.

Voltam para casa, hora do banho do bebê, ele dorme e você aproveita para preparar a comida. Quando os bebês já passaram pela introdução alimentar, muitas mães preferem dar o banho depois do almoço por causa da sujeira que fica.

A hora da soneca da tarde pode ser tanto utilizada para arrumar a casa, como também para fazer alguma coisa pessoal ou dormir. É mais importante a mãe estar feliz, satisfeita e amparada, do que estar se sentindo sozinha e estressada em manter tudo em ordem. Se der para dar uma arrumadinha aqui e ali, mais fácil pra você.

Se o pai trabalha fora, a hora que ele chega de noite também é uma boa oportunidade para um dos dois ficar com o bebê enquanto o outro se encarrega do jantar ou de colocar roupa para lavar, por exemplo. Muitos pais preferem dar um banho nesse horário também. Depois é hora dos três ficarem juntos.

 

Rotina de organização da casa (em linhas gerais, claro, varia de família para família)

Diariamente

Abrir as janelas da casa e deixar o dia entrar.

Arrumar as camas.

Estender as toalhas para tomar um solzinho depois do banho.

Varrer a casa

Arrumar o que estiver fora do lugar.

Tirar o lixo (de preferência, separado e pronto para reciclagem)

No ótimo site Vida Organizada, li sobre uma atividade que foi bastante útil, o destralhar. Consiste em andar pela casa durante 15 minutos (tem que marcar em um timer), com um saco de lixo recolhendo coisas que devem ir para o lixo, como embalagens vencidas de remédios e papeis antigos.

 

Duas vezes por semana

Trocar as toalhas de banho

Passar roupa

Varrer a casa e passar pano úmido na cozinha e no banheiro (isso varia de acordo com a necessidade)

 

 Semanalmente

Organizar o cardápio da casa e fazer as compras de produtos frescos no mercado ou feira.

Trocar a roupa de cama. No caso de roupa de cama de bebê, pode ser necessário fazer a troca mais de uma vez por semana.

Passar aspirador na casa.

Faxina nos quarto das crianças, principalmente das menores de 5 anos. Limpar também os brinquedos. (Brinquedos de banho devem ter secagem diária)

 

Quinzenalmente

Aquela faxina no banheiro e quarto

Aquela faxina na cozinha e sala

 

Mensalmente

Limpar os filtros do ar condicionado e as pás dos ventiladores.

Limpar a geladeira.

 

De dois em dois meses

Limpar a parte interna dos armários e as gavetas de roupas.

 

*Crédito da imagem: Shutterstock

Postagem anterior
Bonecas com propósito
eritema infeccioso
Próxima postagem
Eritema infeccioso, será que é isso que o meu filho tem?

3 Comentários

  1. Adriana Cassimiro
    10 de novembro de 2015 at 21:27 — Responder

    Boas dicas para organização do lar

  2. Jessica Mendes
    10 de novembro de 2015 at 23:57 — Responder

    Ola td bem?
    Essas dicas me ajudaram bastante!
    Muito obrigada!!

  3. Marianna
    29 de Abril de 2018 at 4:27 — Responder

    Olá, querida.
    Esse post me tranquilizou e organizou minhas ideias. Ainda estou grávida do meu primeiro filho e uma das coisas que me preocupava era o fato de morar numa casa grande, sem empregada e sem aquela ajuda da mãe no pós parto.
    Obrigada.
    Sou nova aqui no seu blog, mas já estou amando.
    Bjos

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Voltar
COMPARTILHAR

Rotina em uma casa com bebê e sem ajuda