Como saber se o bebê está com frio ou com calor?

Minha mãe sempre falava que se a gente sente calor, o bebê também sente! E é o que faz mais sentido sim. Ao nascer o bebê sai de uma salinha quentinha para um ambiente cerca de 10ºC mais frio, mas assim que se acostumam com a temperatura externa (fora do útero materno), e amadurecem a “chavinha” do controle da manutenção da temperatura corporal, não sentirão mais ou menos frio que adultos ou outras crianças. A temperatura corporal normal para TODOS nós é a mesma, de 35,5ºC a 37,5ºC.

Enquanto o bebê ainda não consegue regular sua própria temperatura, o que acontece de forma eficiente só aos seis meses de vida, é necessário que nós, pais e cuidadores tenhamos mais atenção ao ambiente que o bebê se encontra antes de deixá-lo agasalhado demais ou de menos. Existe mesmo uma tendência mundial de se agasalhar de forma exagerada os bebês. Eles são tão pequeninos e frágeis, de forma que conseguir adivinhar se estão com calor ou com frio se torna um dos mais terríveis jogos de adivinhação.

  1. Apague da mente a informação de que pés e mãos dos bebês são mais frios mesmo. A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou que as mãos e pés de bebês devem ser rosados e quentinhos. Esses parâmetros indicam que o bebê está com a temperatura corporal ideal.
  2. Geralmente, o toque de nossas mãos é suficiente para sentir como está a temperatura corporal dos nossos filhos. Barriga e costas mornas sem suor são sinais de que a temperatura corporal está adequada. Se o seu filho estiver suando, é um sinal claro de que ele está com calor.

 

Sinais de que o bebê pode estar com frio:

  • Bebês quietos e calminhos demais (para diminuir o gasto de energia);
  • Choro sem motivo aparente;
  • Pés e mãos gelados;
  • Soluço (isoladamente não é um sinal, pois é um sintoma bem comum nos bebês);
  • Tremor e palidez;
  • Mãos e pés esbranquiçados e não rosados;
  • Lábios esbranquiçados ou arroxeados;
  • Em casos de frio maior, partes como tronco e barriga também estarão mais frescos do que o normal.

 

Sinais de que o bebê pode estar com calor:

  • Face e orelhas avermelhadas;
  • Cabelo suado, especialmente na nuca;
  • Pele úmida;
  • Irritabilidade;
  • Brotoejas ou alergias;
  • Coração acelerado (dá para sentir quando estamos com o bebê no colo).

 

NOTA: A Academia Americana de Pediatria indica que bebês devam usar apenas uma camada a mais de roupa que um adulto para estar confortável em um mesmo ambiente.

 

A hora de dormir:

  • Ao dormir ficamos mais vulneráveis às mudanças de temperatura do ambiente. Se você estiver em um ambiente controlado (ar-condicionado, climatizador ….) é importante que esse aparelho esteja programado para manter uma temperatura compatível com uma noite de sono agradável – a temperatura deve estar entre 21ºC e 24ºC.
  • O uso de aquecedores não deve ter como objetivo esquentar o quarto e sim “quebrar” o frio. O calor pode atrapalhar o sono do seu filho.
  • Pequeninos e grandes devem ter apenas uma peça de roupa. Para bebês o mais indicado são os macacões com pezinho ou os sacos de dormir, desta forma os pequenos se mantém aquecidos e você fica tranquila o que não acontece quando se faz uso de cobertores e edredom.
  • Se vocês dorme em ambiente sem controle de temperatura, é bom checar como vai ser a temperatura da madrugada para deixar tudo certinho e o seu bebê não passar frio ou calor.
  • A cabeça do bebês deverá estar sempre descoberta na hora de dormir, portanto nada de gorros. Também não é recomendado o uso de peças soltas que possam sufocar o bebê.
  • Tecidos de fibra natural são muito mais confortáveis e facilitam a respiração da pele.

 

Um fato relativamente novo e que requer que tenhamos mais atenção é que artigos científicos já mostram haver relação entre bebês com temperatura extremas (corporal muito baixa ou muito alta) e a Síndrome de Morte Súbita Infantil (International Journal of Epidemiology and The Journal of Pediatrics).

 

Crédito da imagem em destaque via Shutterstock

Postagem anterior
10 maneiras de estimular o seu bebê de seis meses a um ano
mãe de primeira viagem
Próxima postagem
10 conselhos que toda mãe de primeira viagem odeia ouvir

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Como saber se o bebê está com frio ou com calor?