Como foi o seu ano? O meu 2015 foi assim…

Como foi o seu ano? O meu foi assim…

Como foi o seu ano

2015 foi um ano difícil para o país e para mim. Mas está terminando de uma maneira melhor do que a esperada, com algumas conquistas importantes e realizações. Mudamos de cidade na metade do ano passado, mas acho que a ficha da nova vida só caiu mesmo agora, quando a rotina se impôs e os caminhos se tornaram conhecidos e repetitivos. Acho que só quando a excitação da novidade começa a diminuir é que a mudança realmente acontece. É isso, moramos em São Paulo, nossa casa fica aqui.

Para o meu filho foi um ano de desafios

Ele se adaptou muito bem à nova vida, foi acolhido com carinho pelos colegas de turma e até ganhou sua primeira eleição de representante de turma. Feito muito comemorado, pois encarei como uma vitória grande ele ter se adaptado e ganhado o respeito e a confiança dos amigos em tão pouco tempo. Pareceu um carimbo atestando que a mudança tinha dado certo e ele estava bem.

As viagens ao Rio para visitar os amigos e família foram uma delícia, mas como era difícil para ele ir embora a cada vez. Ele questionava a decisão da mudança, dizia que preferia o Rio e saía com os olhos cheios d’água. Mas bastava chegar aqui e voltar à rotina para ficar bem novamente.

Crescer é lindo e difícil

À medida em que ele ganha autonomia e independência, ele testa mais os limites. Os dele e os nossos. Esse ano ele ficou mais agitado, mais impaciente, menos concentrado, mais reclamão. Estranhei porque esperava esse comportamento ano passado, na mudança propriamente dita, mas parece que só com a rotina que ele se permitiu expressar toda sua insatisfação. Direito dele. A mudança não foi sua escolha.

Foi um ano de ter paciência, respeitar os limites e fazer um pouco a cada dia. De deixar outras pessoas entrarem na nossa vida e criar uma nova rede de segurança. Foi um ano difícil, mas terminá-lo bem deixou uma sensação ainda melhor, a de conquista.

E o ano de vocês, como foi?

 

*Crédito da imagem em destaque: Shutterstock

Bebês da virada
Postagem anterior
Por que devemos pensar no futuro dos nossos filhos
filmes de Natal para se ver em família
Próxima postagem
Novos filmes de Natal para se ver em família

Sem Comentários

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Voltar
COMPARTILHAR

Como foi o seu ano? O meu 2015 foi assim…