A visão montessoriana sobre o desfralde

Se o seu filhote está contemplando o desfralde, esse post pode te dar algumas boas dicas para uma abordagem diferente. Note bem que eu usei a expressão “filhote contemplando o desfralde” e não “você contemplando o desfralde”. Por que, de verdade, quem decide se o momento chegou é a criança e não o adulto.

O desfralde, assim como o desmame, ultrapassar a fase dos objetos de transição, de dormir na cama dos pais por insegurança, são processos naturais para todas as crianças. E é importante lembrar que a faixa etária na qual esses processos devem acontecer é um bocado elástica. Nem todas as crianças desfraldam entre dois e três anos. Alguns mais cedo, outros mais tarde e nosso papel, como pais, é observar o desenvolvimento neurológico e emocional de nossos filhos para entender se, de fato, eles estão prontos.

O que diz Montessori sobre o desfralde

Na abordagem montessoriana, o papel dos pais é apenas observar e fornecer recursos para que as crianças passem pelo desfralde de forma independente. Nosso objetivo não é treiná-los, mas apoiá-los.

Mas como faz?

  1. O desfralde é gradual

Esqueça as regras malucas de que uma criança desfralda em três dias, uma semana, um mês. Não existe essa de estipular um prazo. Para que criar uma ansiedade na família? Deixe que o processo seja natural e gradual. OBSERVE o ritmo da criança.

Comece falando naturalmente do motivo de se usar o banheiro para fazer xixi e cocô. Explique que a gente se livra daquilo que nosso corpo não precisa. Que é um processo normal. Não precisa também fazer caretas na hora de trocar a fralda, como se, de alguma forma, fosse errado ou negativo fazer cocô e ele ser fedido. Não há necessidade dessa negatividade em relação as funções corporais.

  1. Eles são curiosos e querem copiar os mais velhos

Quando a criança começa a ficar curiosa em relação ao vaso sanitário, invista em um penico simples. Ele vai ficar curioso para sentar e imitar o resto da família, antes mesmo de conseguir controlar efetivamente a bexiga e o intestino.

Crianças começam a se interessar pelo banheiro após um ano de idade. O barulho da descarga, a vontade de brincar com a água. Tudo é novo. Dê adeus para sua privacidade, mas com um pinico no banheiro, eles começam a se interessar em imitar o que você está fazendo no vaso sanitário.

  1. Eles aprendem mais sobre o ritual

Lá pros 18-24 meses (talvez até mais cedo, se eles forem muito independentes) eles passam a se interessar a puxar suas próprias calças para cima e para baixo. Invista em calças de elástico e fraldas de treinamento. Eles começam a aprender que é mais gostoso estar sequinho e passam a reclamar de fralda suja.

Nessa fase, você pode lentamente ensiná-los o RITUAL: puxar para baixo suas calças, sentar no vaso sanitário ou penico, usar o papel higiênico, puxar para cima suas calças, lave o banheiro e lavar as mãos.

  1. Organize o espaço e deixe-o ser independente

Uma vez que a criança está mostrando interesse no ritual do desfralde, o banheiro pode ser organizado para dar à criança o máximo de independência possível.

Caso use o penico, não o deixe solto pela casa, como um brinquedo. Mantenha-o no banheiro para que ele saiba que ali é o lugar de fazer xixi/cocô.

Para facilitar a sua vida, guarde no banheiro uma uma pilha de panos para limpeza, um balde para roupas molhadas, e uma pilha de calcinhas/cuecas limpas.

Nesse momento de inevitáveis acidentes, é importante que a criança ajude a pegar calcinhas/cuecas sequinhas, jogue no balde a roupa molhada. Quando a criança é envolvida no processo, ela se torna parte da solução.

 

Dicas de como apoiar o seu filho

  • Se decidir usar um redutor de assento ao invés de penico, compre um banquinho para que ele possa subir mais facilmente e depois apoiar os pés.
  • Incorpore o banheiro na rotina da criança. Oferecer o penico ou redutor em momentos em que a criança normalmente faz xixi, por exemplo, ao acordar, antes de sair, quando chega em casa, após o almoço, antes das sonecas, etc.
  • Diga “É hora de usar o banheiro” em vez de “Você quer ir ao banheiro?” (A resposta será sempre não). Também pode usar um despertador em intervalos regulares para lembrá-lo.
  • Não force a barra. Causa contrariedade e resistência.
  • Nunca repreender. Aja naturalmente. “Percebi que você está molhado. Vamos trocar de roupa?”. Deixe-o ajudar a se lavar/secar e a trocar de roupa. Sempre estimulando a independência.
  • Não celebre demais. Ir ao banheiro é algo natural para todos. Sei que você está feliz, mas precisa bater palmas? (eu sei que você quer, todos nós queremos, mas imagine que a criança, que só quer ser aceita, passa a ir ao banheiro somente esperando uma recompensa?)

 

Para Montessori o conselho mais importante é: siga o seu filho.

 

Imagem destacada: Shutterstock  Bartosz Budrewicz

bebê na praia
Postagem anterior
Tudo o que você precisa saber para a primeira ida do bebê na praia ou piscina
Próxima postagem
8 coisas pelas quais as mães precisam parar de pedir desculpas

13 Comentários

  1. karine
    1 de dezembro de 2015 at 11:40 — Responder

    ola! adorei o post! estava precisando ja que esqueci completamente do primeiro filho, minha segunda tem 2 aninhos e toda vez que coloco ela no vaso ela trava..tava usando alguns termos errados! obrigado ajudou muitoooo.

  2. 3 de dezembro de 2015 at 17:15 — Responder

    Adorei a postagem, e o que achei interessante é que mesmo sem saber sobre essa visão sempre fui contra impor a criança e a favor de incentivar.
    Meu filho começou o desfralde a aproximadamente 1 semana, ele mesmo começou a pedir pra tirar a fralda na hora que queria fazer xixi, principalmente quando o pai esta em casa e vai ao banheiro, com apenas 1 ano e 8 meses ele via o pai indo e queria ir tambem.
    Ai explicamos como funciona e levamos ele pra escolher seu penico em uma loja, quando chegarmos em casa ele mesmo pediu o penico falando “xixi, xixi!”.
    Com o frio nesses ultimos dias o processo deu uma parada mas antes do banho e antes de dormir eu falo que é hora de fazer xixi e ele fica no pinico mesmo que nao tenha nada pra sair rsrs
    Parabens pelo post!

  3. Amanda
    7 de dezembro de 2015 at 15:08 — Responder

    Gostaria de obter ajuda no desfralde do meu filho… Como explicar q a partir de agora ele não usa mais fraldas??? E q xixi e coco principalmente faz no vaso… E pq ele quer colocar a mão no bumbum toda vez q faz coco…

    • Camila
      9 de dezembro de 2015 at 17:07 — Responder

      Amanda acho que não tem que rolar muitas explicações não. Em primeiro lugar ele precisa mostrar interesse em tirar a fralda por si só. Enquanto isso não partir dele, acho que não vale a pena nem começar. Colocar a mão no bumbum, no cocô é super comum, todos querem saber que “troço é aquele”, crianças são curiosas, hehe. Vá na busca, digite desfralde e ache tudo o que já escrevemos sobre isso. Qual a idade do seu filho?

      • Amanda
        10 de dezembro de 2015 at 23:49 — Responder

        Ele tem 2 anos e 2 meses completos. Ele é de 24 set 2013.

  4. juliana rauber
    7 de abril de 2016 at 3:13 — Responder

    Meu filho desfraldou ha duas semamas, ate a noite. Ele ja te, 3,5 anos. Mas o coco ele so faz na calca, nao aceita ir ao banheiro, ele fica dias sem fazer e quando faz sofre. O que eu faco???

  5. Ângela
    16 de maio de 2016 at 13:25 — Responder

    OLá, muito interessante. Entretanto minha enteada fez 6 anos e até hj usa a fralda pra dormir. Ela mora com a mãe. E está comigo apenas duas vezes ao ano, pois mora fora do país . Tento conversar com ela sobre o assunto e ela sempre demonstra insegurança. Digo que é normal fazer xixi na cama até ela se acostumar e perceber quando tem vontade de fazer xixi a noite. Entendo que temos que esperar a hora da criança, entretanto, acredito que ela precisa de incentivo para tal. Como faço?

  6. Paula
    18 de maio de 2016 at 9:59 — Responder

    Lendo esse maravilhoso post…. percebi q faço td errado…. e agora como consertar o q está errado?

    • 21 de junho de 2016 at 7:11 — Responder

      Eu também Paula, na verdade tenho muito interesse em melhorar, e sei que consertar sempre começa com nós mesmos. Vou prestar mais atenção ao que o meu filho quer e precisa ao invés de colocar a minha vontade sobre o que acontece. Boa sorte para nós. Abraço.

  7. erica
    30 de junho de 2016 at 16:41 — Responder

    Meu filho tem 3 anos e faz xixi na roupa quase todos os dias, na escola faz pelo menos 1 xixi, em casa temos que ficar lembrando-o de ir banheiro, se não ele faz na roupa e coco só faz na fralda na hora de dormir. Já tentamos de todas as formas, mas nada tem resolvido. Estamos perdidos, precisamos de ajuda. Percebemos que ele entende que precisa ir ao banheiro, mas fica segurando para não parar o que está fazendo e acaba fazendo na calça. Depois que ele faz pede para trocá-lo. Como podemos ajudá-lo.

  8. 10 de agosto de 2016 at 21:27 — Responder

    Olá, estou com uma duvida gigante, desfralde meu bebe antes da hora, talvez por empolgação, falta de informação, pressão Colégio, enfim, meu bebe tem, 3 anos ele faz xixi em pé as vezes escapa não quer ir, quando se empolga também faz nas calças, mas meu maior problema é o cocô ele não faz de.maneira alguma no penico sempre nas calças, ele sai se esconde ou fingi que esta brincando eu pergunto se quer ir e diz q não, não sei o que fazer já faz uns 10 meses que ele esta assim, tenho vontade de voltar com a fralda e.depois iniciar tudo novamente!

  9. Mariana
    8 de novembro de 2016 at 16:56 — Responder

    Estamos num momento de transição para o desfralde… o que significa que ela dorme sem fralda e não faz xixi na cama, mas durante o dia se recusa a usar penico, vaso sanitário e escolheu um canto da casa onde ela corre/se esconde toda vez que quer fazer xixi/cocô. Pra pioriar, ela entrou no terrible two, então qualquer coisa que a gente tente ensinar, ela reage negativamente.
    Ajuda!!

  10. Fernanda
    13 de janeiro de 2017 at 13:00 — Responder

    Olá ótimas dicas, gostaria de saber sua opinião sobre tirar a fralda definitivamente ou de forma gradual? Por exemplo tiro de uma vez não coloco mais independente do local ou posso ir tirando em casa e colocar para sair??

    Obrigada

Deixe uma resposta para Ângela Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

A visão montessoriana sobre o desfralde