Coisas de mãe

Organizando a rotina da casa com filhos, por uma mãe desorganizada

Por
Publicado em: 3 de fevereiro de 2014

Quando eu lembro de mim mesma no passado, reclamando de falta de tempo, tenho vontade de criar uma máquina do tempo só para voltar alguns anos e me dar uma bronca. Por mais que eu estivesse trabalhando enlouquecidamente naquela época, os minutos de folga eram meus, só meus e de mais ninguém, o que não acontece mais na minha vida pós maternidade.

Além dos compromissos que não posso mudar, como trabalho, percebi que a desorganização estava tirando horas preciosas do meu dia. Pois é, eu sou uma mãe desorganizada (nem tudo muda com a chegada de um filho); não consigo organizar papeis (troco tudo o que posso por documentos e anotações digitais) e não consigo manter meu armário arrumado por mais do que quinze dias. Um dia, depois de perder meus dez minutos diários procurando o celular antes de sair de casa pela centésima vez, depois de já ter andado até a esquina e voltado, sentei as margens do rio Piedra, chorei e decidi: hora de mudar.

Falta de organização é sinônimo de falta de tempo. E eu gosto e quero ter tempo para mim, para meu filho, para meu marido, para minha família e para meus amigos. (Mal aí, amigos, sei que ando em falta com vocês). Desde então estou tentando colocar um pouco de ordem na vida.  Fiz uma lista com as atividades e periodicidade que elas devem ser feitas e me obriguei a criar cardápios semanais. A mais importante decisão, entretanto, foi a de decidir resolver pequenas coisas por vez. Como a bagunça era enorme, achava que era preciso um dia inteiro, armários novos e caixas organizadoras incríveis, mas na verdade, pequenas mudanças diárias são bem eficientes. Por exemplo: “Essa semana vou comprar uma cesta de roupa suja nova. Sei que preciso mandar fazer dois quadros, comprar benjamins e uma pá nova, mas vou fazer só isso.”  A sensação de dar conta é tão melhor do que estar sempre devendo, que diminuí minhas metas feliz.

Outra coisa que parece não ter nada a ver com essa história, mas que para mim fez toda a diferença, foi incorporar exercícios físicos regulares na minha vida pela manhã. Muitas vezes a preguiça fazia com que eu dormisse mais uma horinha, deixasse para arrumar isso depois, aquilo amanhã… O pique que eu ganhei me exercitando fez com que eu tivesse muito mais disposição para arrumar a casa.

O que aprendi com todas essas mudanças é que organização/desorganização é muito mais hábito do que um traço de personalidade. Até eu que não levo o menor jeito pra coisa já posso ver progressos enormes e ter até um pouco de prazer com a organização.

Enfim, divido com vocês o que ando fazendo por aqui. As mães organizadas vão dizer que é coisa para principiante, mas para mim é um grande passo, acredite.

 

Diariamente

Primeira coisa da manhã: Abrir as janelas da casa e deixar o dia entrar. 

Arrumar as camas.

Estender as toalhas para tomar um solzinho depois do banho.

Limpar o quarto do Tom (varrer e passar pano úmido, porque ele é super alérgico).

Varrer e passar pano úmido na cozinha.

Arrumar o que estiver fora do lugar.

Tirar o lixo (de preferência, separado e pronto para reciclagem)

No ótimo site Vida Organizada, aprendi uma atividade que foi bastante útil, o destralhar. Consiste em andar pela casa durante 15 minutos (tem que marcar em um timer), com um saco de lixo recolhendo coisas que devem ir para o lixo, como embalagens vencidas de remédios e papeis antigos.

 

Duas vezes por semana

Trocar as toalhas de banho

Passar roupa

Varrer a casa e passar pano úmido na cozinha e no banheiro (isso varia de acordo com a necessidade)

 

 Semanalmente

Organizar o cardápio da casa. Optei por fazer compras semanais e preparo cardápio para apenas 3 dias da semana, porque, pelo menos por aqui, jantamos fora uma vez por semana e estava sobrando comida (não ao desperdício!). Assim, nos obrigamos a reciclar as sobras e inventar pratos novos. Apesar da minha vida corrida, nunca consegui me adaptar às compras mensais e gastava muito mais do que o necessário com elas. Organizar o cardápio dá trabalho, mas menos trabalho do que ter que pensar toda manhã o que deve ser feito.

Trocar a roupa de cama. Gosto de fazer isso às sextas, como uma espécie de boas-vindas para o final de semana. (No quarto de crianças menores, o ideal é que a troca seja feita duas vezes por semana, e no caso de bebês, 3.)

Passar aspirador na casa toda (somos uma família super alérgica).

Faxina nos quarto das crianças, principalmente das menores de 5 anos. Limpar também os brinquedos. (Brinquedos de banho devem ter secagem diária)

 

Quinzenalmente

Aquela faxina no banheiro e quarto

Aquela faxina na cozinha e sala

 

Mensalmente

Limpas os filtros do ar condicionado e as pás dos ventiladores.

Limpar a geladeira.

 

De dois em dois meses

Limpar a parte interna dos armários e as gavetas de roupas.

 

Esqueci alguma coisa? Como é na casa de vocês?

 

*Crédito da imagem: Wonderlane

8 Respostas para “Organizando a rotina da casa com filhos, por uma mãe desorganizada”

  1. karla dias

    adorei as dicas pois aqui em casa são três crianças e sempre ta tudo bagunçado ,a chave então perco umas 10 vezes no dia,vou seguir as dicas e obrigado.

    Responder
    • Mariana Mariana

      Eu também perco a chave e o celular o tempo todo. Uma tia avó minha tinha um chaveiro que você assobiava e ele fazia um barulho de volta, todas vez que estou procurando minha chave lembro desse chaveiro e penso que deveria procurar um igual pra mim, hahaha. Bjs

      Responder
  2. Clarice

    Oi Mariana! Muito boas essas dicas! Acabei de montar um calendário personalizado pras necessidades lá de casa. Vou imprimir e colocar no mural da cozinha. Acho que vai me ajudar bastante, porque minha casa está uma zona. Aliás, tem alguma dica de como começar a organizar uma casa que está TODA errada? Tipo, coisas fora do lugar da cozinha até os quartos, dispensa cheia de entulho, roupa que não acaba mais pra passar/guardar… enfim, como eu arrumo tudo isso se as rotinas normais do dia-a-dia (cuidar de filho, cozinhar, lavar louça/roupa, etc.) não me deixam tempo nenhum de sobra pra arrumar aquilo que está há tempos desorganizado?

    Responder
    • Mariana Mariana

      Clarice, desculpa, não sei porque mas seu comentário ficou sem reposta. :( Como está a sua casa depois desse tempo, conseguiu organizar um pouco? Beijos

      Responder
  3. naiara m

    oii,querida!!! vivo nessa loucura de não ter tempo pra isso,praquilo,mas lendo aqui vi que posso mudar tudo me organizando melhor,tenho 3 filhos e no momento sem condições de contratar uma diarista amei as dicas um grande abraço p vc que deve ser um amor de pessoa!

    Responder
  4. Júlia Marmund

    Nossa!! Aqui em casa é a mesma coisa, somos alérgicos e eu sou muito desorganizada. Sou capaz de organizar a nossa vida, mas a minha cabeça já dá um nó só de pensar em todas essas obrigações e necessidades, aí, sofro de ansiedade e não consigo organizar nem a metade!
    Bom saber que não sou a única e seguir essas super dicas!
    Obrigada!

    Responder

Deixe seu comentário