Síndrome mão-pé-boca

Semana passada meu filho voltou da escola com o que eu poderia ter considerado uma afta gigantesca. Não queria comer e nem a sua chupeta ele conseguia colocar na boca. Passamos a pomadinha de Omcilon, como o pediatra já havia recomendado antes, e fomos tentar dormir.Pela manhã a situação era ainda pior e depois de ver tantas mães se queixando nos grupos de mães que frequento, eu já me preparava para o diagnóstico, que confirmei com o pediatra: era a tal Síndrome mão-pé-boca (HFMD). Nunca ouviu falar?

Pois senta aí que eu vou te contar tudo o que pesquisei sobre ela. O que muitos pais não sabem é que ela pode ser branda: uma afta, uma dorzinha na garganta e com isso a gente não dá lá tanta importância. A criança vai para a escola e contamina outras crianças que contaminam outras e aí chega na sua casa. É assim que um vírus se dissemina, mais rápido que a bala de um canhão.

Esse vírus #feioboboechato é da família Coxsackie, uma família da pesada e que vive lá dentro das nossas entranhas (intestino). Ela recebe esse nome devido ao aparecimento de “feridas” nesses locais; pode ser na forma de bolhas pequenas endurecidas ou apenas bolinhas vermelhas como uma alergia.

Como o seu filho pode ter sido contaminado?

Brincando na caixa de areia, pegando o brinquedo do amigo. Muco, saliva e outros fluídos corporais são os principais veículos de contaminação.

Metade da crianças contaminadas desenvolvem sintomas. A síndrome é mais comum em menores de 5 anos de idade e os primeiros sintomas podem demorar até uma semana para aparecer (período de incubação). Crianças mais velhas e adolescente podem desenvolver formas mais brandas, mas é bem raro. Ainda bem que 99,9% dos adultos é imune por já ter tido contato prévio durante a infância com as variações A e B do vírus. Já imaginou a família inteira contaminada? É bom você saber que o seu filho pode vir a ter mais de uma vez até criar resistência ao vírus e desenvolver sua própria defesa.

Quais os sintomas?

  • Febre alta
  • Dor de cabeça
  • Dor de garganta
  • Reações cutâneas (bolinhas ou vermelhidão) na sola dos pés, palma das mãos, ao redor do ânus
  • Úlceras em várias partes da mucosa da boca (confundidas com aftas)

 

Como diagnosticar?

O médico vai conseguir realizar o diagnóstico clínico durante o exame. Geralmente não é necessário nenhum exame laboratorial, os sinais e sintomas já denunciam a presença do vírus.

 

Quanto tempo o seu filho vai ficar doente?

Do aparecimento até o final da “virose” pode levar até 10 dias, mas se o seu filho desenvolver alguma complicação poderá exigir mais tempo para o completo restabelecimento.

 

Como evitar maiores complicações?

A febre alta pode levar a desidratação e outros problemas, mantenha seu filho hidratado e monitore a temperatura sempre. O pediatra irá determinas quais ações serão tomadas para diminuir a temperatura corporal do seu filho.

O ideal é que o seu filho não coce as bolhas para não criar feridas abertas. Como a gente que é mãe sabe que é tarefa impossível, mantenha as “feridinhas” sempre limpas e secas.

 

Como saber se está havendo melhora?

A coceira nos locais onde existem as bolhas irá diminuir e secar, e as feridinhas se tornarão duras e com centro escurecido.

 

Como tratar?

Todo o tratamento será uma tentativa de amenizar os sintomas:

  • Com muito amor, carinho e doses extras de paciência, e um tanto de olhos fechados para toda a rotina da casa.
  • Medicamento, compressas para diminuir e controlar a febre.
  • Hidratação.
  • Alimentos gelados e de paladar doce irão agradar os pequenos sem ferir mais ainda a mucosa.
  • Se há lesões na boca, evite alimentos quentes e de paladar ácido e salgados.
  •  Em alguns casos o pediatra pode recomendar uso de anti-histamínicos para diminuir o desconforto causado pela coceira.

IMG_3639IMG_3640

Princesas
Postagem anterior
Estimulando originalidade no seu filho
Boneco Skylander
Próxima postagem
Skylander e Minecraft: as crianças só pensam nisso

58 Comentários

  1. Renata Schiavini
    16 de maio de 2013 at 10:18 — Responder

    Pati,
    Durante a síndrome aqui em casa o que mais funcionou foi picolé de manga!
    Aquele que aprendi com você! 😉

  2. Gabriela Rocha
    28 de outubro de 2013 at 16:32 — Responder

    Muito bom sua informação, minha filha está com esta síndrome, depois que estive com ela em um clube, ficou ruim para comer e apareceu essas bolinhas vermelhas, nas mãos,pés e bumbum, igual na foto que você postou. Marquei alergista mas agora estou menos preocupada por saber que não é grave, obrigada.

  3. simone
    6 de novembro de 2013 at 2:02 — Responder

    ola estou gravida e meu filho de 2 anos pegou isto…tenho risco para o bebe da barriga…..e a escolinha como fica….ele pegou isto na quarta ou quita feira,

    • Patricia
      6 de novembro de 2013 at 14:05 — Responder

      Oi Simone,

      não acredito que haja algum problema para você ou seu bebê, normalmente nós adultos já desenvolvemos defesas que nos impedem de contrair a síndrome, mas é bom você consultar seu médico.
      Nesse período é bom o seu filho se ausentar da escola para evitar que ele transmita para outras crianças. Melhoras para ele.

  4. 18 de novembro de 2013 at 8:01 — Responder

    […] caixa da Arte Surpresa este mês chegou numa semana em que Júlia estava se recuperando de uma virose que judiou bastante dela… Então foi uma injeção de ânimo ter uma brincadeira nova para […]

  5. Vandrine
    25 de novembro de 2013 at 19:44 — Responder

    Olá!
    Meu filho de 2 anos foi diagnosticado com a síndrome semana passada, e para nossa surpresa, apesar de ser raro, meu marido também desenvolveu os sintomas, mas de uma maneira mais branda.

    • Patricia
      25 de novembro de 2013 at 22:55 — Responder

      Oi Vandrine,
      Melhoras para a família. É chatinho mas passa rápido.

  6. Liliane
    29 de novembro de 2013 at 11:06 — Responder

    Muito bom mesmo, e apareceu faz uns 3 dias algumas bolinha em meu filho de 3 anos, bem poucas mesmo, nem dei muita importância, mas irei verificar melhor.
    Muito obrigada pelo esclarecimento.

    • Patricia
      29 de novembro de 2013 at 15:12 — Responder

      Oi Liliane,

      espero que não seja nada.

      bjs

  7. Jessica
    13 de dezembro de 2013 at 17:41 — Responder

    meu filho tem 2 anos e foi diagnosticado com essa sindrome ontem.
    porem hj reparei q as bolinhas tmb estao nocotovelo dele. Será normal?

  8. VEREDIANA
    18 de dezembro de 2013 at 23:04 — Responder

    Meu filho apareceu com estas manchas apos um febre alta no sabado e na segunda estava com estas bolinhas vermelhas o medico suspeitou de catapora.E parecida?

  9. Aline
    20 de dezembro de 2013 at 0:49 — Responder

    Olá Patrícia!! Queria tanto qe estivesse online!! Estou desesperadíssima. Arthur meu bb de 1 ano e 9 meses já teve estomatite há uns três meses atrás… Há uns três dias ele anda muitoo chorão e babando e com um pouco de febre não preocupei muito achando qe era + dentinhos (pqe estão nascendo tbm!)… Hoje notei o aparecimento das manchinhas no pé dele, e agora a noite vi as ENORMES feridas na língua dele e ele tá com um olho super inchado… Fui procurar na internet os tais sintomas do qe poderia ser achei tanta coisa ruim credo!! Amanhã tenhoo consulta com o pediatra, tô muito ansiosa e com pena do meu filhotinho!! 🙁

    • Patricia
      20 de dezembro de 2013 at 11:51 — Responder

      Oi Aline,

      Sei que é terrível ver os nossos pequenos sofrerem, mas precisamos estar bem para ajudá-los. O pediatra saberá como te auxiliar. Fique tranquila que criança se recupera rápido e logo,logo já terá esquecido. Se for esse o diagnóstico faça compressas gelatinhas, e ofereça alimentos em temperatura ambiente ou gelados.
      Ele vai ficar bem e você também!

  10. Ana Paula
    28 de dezembro de 2013 at 1:29 — Responder

    Minha filha de 2 anos está com essa virose, ja está apresentando melhoras, como apareceu muita bolha na região da boca, queria saber se mancha a pele?

    • Patricia
      29 de dezembro de 2013 at 23:36 — Responder

      Oi Ana,
      Meu filho não ficou com nenhuma marca. Qualquer dúvida pergunte ao pediatra, mas acho que se cuidar bem das freirinhas não vai ter erro.

      Melhoras.

  11. Aline Damásio
    30 de dezembro de 2013 at 17:01 — Responder

    Boa tarde,

    Minha filha Brenda de 1 ano e 11 meses, foi infectada por esse vírus (apareceu na planta dos pés, na parte inferior da boca – lado externo – e principalmente na região íntima – região das fraldas – parte frontal) neste local as manchas avermelhadas “bolinhas” ficaram muito intensas e foi o que me levou a procurar uma pedriatra. Como a minha filha já teve catapora, foi descartado de início, mas fazendo a pesquisa na net, percebi que poderia trata-se da herpes zoster (mesma família da catapora) Ao chegar na pedriatra ela averigou e fez o prognóstico, tratava-se da síndrome mão-pés e boca. Apesar de não ter apareceido nas mãos, a pedriatra informou que era mais comum e que tínhamos que dar início ao tratamento. Na região íntima (frontal) foi receitado o uso de cetocazol (pois o vírus por ter baixado muito a imunidade da Brenda e por tratar-se de uma área quente e úmida, o fungo da Candidíase se instalou). Além deste medicamento foi receitado também o permanganato (para o banho)e o sabonete bactericida. Para uso interno, um anti-viral e outro medicamento para aumentar a imunidade. Do início dos sitomas, fim do tratamento e melhora da minha princeinha, foram + ou- 15 dias.

    • Patricia
      1 de janeiro de 2014 at 12:35 — Responder

      Oi Aline,

      Que bom que já está tudo bem. Obrigada por compartilhar sua experiência.

  12. 24 de fevereiro de 2014 at 6:49 — Responder

    gabriel esta com esses sintomas tudo igualzinho
    nao vou enganar assusta pq ele é arteiro e fico bem pra baixo”

    porem no pediatra ele indicou remedio pra febre e o famoso baktrim
    estamos esperando a melhora 🙂

    • Patricia
      24 de fevereiro de 2014 at 11:13 — Responder

      Que o Gabriel melhore logo. Muita calma nessa hora viu, Pai nervoso?

  13. Giselle Karina
    24 de fevereiro de 2014 at 8:21 — Responder

    Bom dia! Minha filha tem 3 anos e oito meses, ela apareceu com umas bolhas nas mãozinhas, pés e boca cheia de feridinhas tipo aftas, liguei para pediatra dela e falei que achava que ela tava com catapora e falei qual era os sintomas, ela falou logo dessa síndrome, como nunca tinha ouvido falar,ela começou a nao querer comer, levei ao hospital e a pediatra de plantão disse que era catapora, só achei estranho pq só Tinha bolhas na mão e pé, logo fui pesquisar e vi q realmente é essa síndrome, minha filha ta sofrendo tanto.estou morrendo de pen, mas sei que ela vai ficar boa logo.

    • Patricia
      24 de fevereiro de 2014 at 11:12 — Responder

      Giselle,

      Melhoras para a sua pequena.

  14. Josenildo Stélling de Araújo Silva
    10 de março de 2014 at 2:54 — Responder

    Bom dia a todos ( boa madrugada !!!!)

    Estou às 02:47 da manhã, em frente ao computador, tentando descobrir algo que traga alívio para um grande desconforto que o meu filho de um ano e seis meses está sentindo na planta dos pés, causado por pequenas bolhas, as quais acabo de ver nas fotos acima.
    O Gian Luca andou tendo febre esses dias, também observamos essas ” bolhinhas ” nos pés, e hoje a coisa ficou complicada. O Gian não consegue dormir mais do que alguns minutos por causa da coceira. Já passamos uma pomada para pequenos problemas de pele, aguá fria, gelada, soro fisiológico e nada ! Confesso que após ler sobre o assunto e os comentários estou mais tranquilo, porém amanhã, ou melhor, hoje bem cedo estarei levando-o ao pediatra.
    Acho que ele adormeceu, não estou mais ouvindo-o chorar, de toda forma obrigado pelas informações, parabéns pelo trabalho.
    Um abraço…

    Pr. Josenildo – RN

    • Patricia
      10 de março de 2014 at 12:13 — Responder

      Oi Josenildo,

      Espero que o seu filho esteja melhor e que a essa hora vocês já tenham o diagnóstico e saibam a melhor conduta a tomar.

      Melhoras e obrigada pelo incentivo.

  15. Rose Rodrigues
    24 de março de 2014 at 15:18 — Responder

    Acreditem tenho 40 anos e estou com isso, ainda nao fui a um medico, mais e exatamente assim, pes e maos com pintas vermelhas e coçam muito,e boca com a impressao de que foi queimada, como se eu tivesse comido ou bebido algo quente, nao tive febre, um leve desconforto na garganta sim, se puderem me orientar, agradeço. bjs!!!

    • ana carolina
      25 de junho de 2014 at 4:44 — Responder

      Obrigada patricia

  16. IRASSANIA
    18 de abril de 2014 at 0:25 — Responder

    por favor não sei o que fazer com minha ilha acho que ela esta com essa sindromi o que eu faço?
    ela não esta dormindo de tanta coceira nos pes chora oda hora
    meu DEUS ME AJUDEM POR FAVOR O QUE FAÇO PARA ALIVIAR ESTOU DESESPERADA

  17. Gecilene
    20 de abril de 2014 at 3:03 — Responder

    Boa madrugada, minha filha tem 4anos e estar com algo parecido mas ja faz muitos dias ja fiz de tudo vou aos medicos eles acham que ela estar com alergia o ultimo que fui disse que era sarampo, mas eu estou vendo que nao e . Na boca ela nao reclamou de nada mas os pes e as maozinhas dela esta demais e ela corsa muito e comecou dia 09/04/14 com umas picadinhas na pantorrilha direita isso foi numa quarta na quinta ao chegar da faculdade me deparei com ela de fato com umas manchas vermelhas parecido com impingi mas bem leve como se fosse intoxicada fui ao medico tomou injecao depois a medica passou remedio de alergia ,fui indo, passou algums dias e nada de melhora fui ao medico umas tres vezes passaram varias coisas sabonete para coceira uma banda de comprimido que se toma um banda uma vez e com trinta dias outra passou uma pomada depois antibiotico e por ultimo remedio pra ser diluido na agua pro sarampo . Esta me batendo um desespero, insisti pro medico me passar exame de sangue nos resultados deu como se ela estivesse com algum virus e nao muito mas muito pouco inicio de anemia nao pela anemia mad pelo resultado do examr foi que o medico diagnosticou que seria sarampo eu nao estou certa disso pois o rosto esta limpinho e mas nos bracos e na perninha puxando pros pes. O que eu faco ela nao teve febre nem vomito nem diarreia nem apresentou nada na bocs.

    • Patricia
      20 de abril de 2014 at 22:18 — Responder

      Gecilene,

      O que eu posso te dizer é que se fosse a síndrome teria acometido boca ou alguma parte do trato intestinal. Se possível, registre com fotos o desenvolvimento das pintinhas e mantenha o mesmo médico para que o tratamento seja continuado. Se fosse sarampo também já teria passado.
      Espero que melhore logo.

  18. Danielle Mendes
    20 de abril de 2014 at 10:54 — Responder

    Oi, ha uns 3 dias minha filha de 4 anos reclamou que nao estava conseguindo tomar agua e por esses diaas nem comer direito esta, nao dei muita importancia naquele momento, pq achei que era frescuringa dela pra nao comer, mas foi aparecendo tbm uns carocos estranhos na sola do pe, encomoda tanto que ela nem estava pisando direito, nem me deixa pegar no pe, nao esta muito empolado, porem os poucos q tem ja esta por demais, na palma das maos tambem apareceram, tambem poucas..dai ela reclama pra comer de novo..quando fui ver, levei um susto! Aftas enormes, nunca tinha visto isso antes! Tadinha do meu bebe!Pesquisando pela net, vi que parece que deu nela a forma branda, nao deu febre, nem coca .. nos pes esta um pouco dolorido..Gostaria de saber o que vc usou pra passar na lingua do seu filho pra amenizar a dor ou alguma pomada que seque logo as feridas (aftas). Grata.

    • Patricia
      20 de abril de 2014 at 22:11 — Responder

      Oi Danielle,

      Tadinha, mas vai melhorar logo viu. Veja com o pediatra se ele deixa alguns spray com anestésico, tipo os de garganta.

  19. Cláudia
    21 de abril de 2014 at 23:04 — Responder

    Meu bebê de 3 anos também está com essa síndrome. Começou com febre baixa, nem chegou a 38, no dia 18, e no dia seguinte estava com a garganta vermelha, foi feito uma cultura e acusou vírus. No dia seguinte a boquinha já estava com aftas e somente hoje ele conseguiu comer e beber algo. Passamos 2 dias com ele bem enjoado. E hoje apareceram algumas bolhinhas no pé mas bem poucas. Espero que não passe disso. Para completar com a imunidade baixa a alegria respiratória começou a atacar. Criança sofre ainda bem que passa.

  20. Paulo C.
    22 de abril de 2014 at 0:06 — Responder

    Minha filha começou com bastante pintinhas a 5 dias e a 2 dias a boca cheia de aftas enormes, e tbm con febre, ja levamos ao médico foi esse virus, esta muito manhosa e acordando muito a noite, mas minha preocupação maior é quanto a alimentação pois ela esta com medo de por qualquer coisa na boca devido as feridas esta indo para o terceiro dia assim e se recusando a tomar até o tete dela estou muito preocupado , o q fazer ?

    • Patricia
      22 de abril de 2014 at 19:17 — Responder

      Oi Paulo, o que o pediatra recomendou? Tente bebidas não ácida e na temperatura geladinha. Melhoras.

  21. Núbia P
    29 de abril de 2014 at 13:02 — Responder

    A minha folha de 2 anos está com esse vírus. Começou com febre, falta de apetite, duas noites mal dormidas. No terceiro dia foi horrível, além de ter passado a noite quase em claro (por causa da dor na garganta), só foi ingerir o primeiro alimento às 15 horas! É horrível! Depois de ir no pediatra e “medicar” para melhorar as lesões na garganta, ela já dormiu melhor e estpa se alimentando aos poucos.

  22. viviane V. B.
    31 de maio de 2014 at 18:13 — Responder

    ola boa noite meu filho felipe esta com 1 ano e 6 meses e para amanhecer hoje não dormimos a noite todoa m toda hora ele resmungando e não queria mamar e nem a chupeta..assim que acordamos percebemos uma ferida enorme na ligua e derrepente foi aparecendo mais na boca depois de umas 2 horas ele começou a ficar mais irritado foionde percebi que ele esta com bolhas nos dedos na palma da ão e nos dedos do pé ..estou super preocupada ja estamo dando nistatina , hixodine ,alivio para febre e pasando uma pomada fernegam e dando banho com aquele remedio roxinho…sera que tenho que levar ele o hospital nunca vi isso e como se alastra rapido

    • Patricia
      31 de maio de 2014 at 18:36 — Responder

      Viviane,

      O ideal é sempre consultar um médico, medicar seu filho sem consultar um médico pode ser prejudicial.

      Melhoras.

  23. érica de fátima de azevedo
    16 de junho de 2014 at 9:06 — Responder

    Acreditem tenho 31 anos e estou com isso, ainda nao fui a um medico, mais e exatamente assim, pes e maos com pintas vermelhas e coçam muito,e boca com a impressao de que foi queimada, como se eu tivesse comido ou bebido algo quente, nao tive febre, um leve desconforto na garganta sim, se puderem me orientar, agradeço. bjs!!!

    • Patricia
      16 de junho de 2014 at 18:22 — Responder

      Oi Érica, procure ajuda médica para confirmar o diagnóstico e ter a orientação do que fazer.
      Melhoras.

  24. ana carolina
    17 de junho de 2014 at 4:03 — Responder

    Oi estou deseperada minha filha tem 1 año e 8meses saiu bolhas da agua na boca pe e mao ela quase arranca o pe fora de tanta coceira oque devo fase para tira inteiração dela

  25. ana carolina
    17 de junho de 2014 at 4:05 — Responder

    Fui ao posto de saúde e não tem medico

  26. ana carolina
    19 de junho de 2014 at 3:11 — Responder

    Boa noite a todos minha filha esta bem melhor graça a deus fui ao medico e ele me confirmo que era esse vírus síndrome mao pé boca …ele me receito ixizini
    E ela dormil bem melhor no primeiro dia ela coçava bastante acordava toda hora com coceira mas esta bem não tem mais coceira graça a deus e o medico

  27. roberto paizao
    18 de julho de 2014 at 3:05 — Responder

    Paty…meu guri tb teve e agora parece que eu peguei ..mais brando…mas incomoda…tem uma gestante onde trabalho ..ela corre risco de se contaminar?? Como devo fazr??

    • Patricia
      18 de julho de 2014 at 9:22 — Responder

      Oi Roberto,

      O ideal é ir ao médico para ter certeza do diagnóstico e cuidar da sua saúde. A síndrome é sim contagiosa.
      Melhoras para vocês.

  28. Camila
    25 de março de 2015 at 14:50 — Responder

    Olá, Patricia! Vc sabe me dizer se e normal o uso de antibióticos para tratar a síndrome? Obrigada!

    • Patricia
      26 de março de 2015 at 8:58 — Responder

      Oi Camila,

      o pediatra do meu filho não passou não. Antibióticos são utilizados para quando existe presença de bactéria, e essa síndrome é causada por um vírus. Todo o tratamento é mais para aliviar os sintomas e o desconforto causado.
      Melhoras por aí e força porque vai passar.

  29. Maria Alice da Silva Freitas Schroeder
    26 de março de 2015 at 11:17 — Responder

    Hoje estão fazendo 10 dias que a família toda está sofrendo… Inicialmente, a febre do meu menino de 4 anos foi tratada como sinusite. Fiz tratamento com Azitromicina e nada resolveu. A pediatra passou pro Clavulin, que termina amanhã e ontem começaram à aparecer aftas na boca, que eu achei ser sapinho. Hoje pela manhã, foram os pés e agorinha percebi que tem nas mãos também. Por instinto, olhei no bumbum e tem também. Tenho consulta hoje logo na 1ª hora e quero poder entender como uma profissional não percebeu antes… Tive que recorrer à internet, e graças à Deus abriu nesta página que seguirei fielmente. Obrigada.

    • Patricia
      26 de março de 2015 at 11:32 — Responder

      Oi Maria Alice,

      espero que fique tudo bem com seu filho e agradeço o seu comentário. 🙂

  30. Sheila Cristina Stabenow
    14 de abril de 2015 at 21:17 — Responder

    Meu filho também apresentou os sintomas de febre, mas so ficou com a a garganta vermelha e a boquinha, depois de três dias sem comer retomou a rotina normal. Agora quem esta com os sintomas é meu esposo, e apareceram as bolinhas nas mãos e pés…Fiquei bem mais tranquila ao ler sua pesquisa…obrigada…

  31. Aryane Laara
    22 de maio de 2015 at 22:06 — Responder

    Oiii, bom minhas filhas gemeas de um ano e um mes estao apresentando os mesmo carinho que na foto. Dei ate remedio de garganta. Mas deu tipo umas feridinhas ao redor da boca, ja esta secando um pouco. vc deu algum remedio seu filho para combater ?

    • Patricia
      24 de maio de 2015 at 15:39 — Responder

      Oi Aryane,
      Só remédios para diminuir os sintomas, muita paciência e carinho, nesse caso é só o tempo mesmo que vai cuidar.

  32. Natalia Rodrigues
    17 de agosto de 2015 at 13:21 — Responder

    Meu filho teve a síndrome com 2 anos e meio e infelizmente não foi tão fácil descobrir e foi medicado com antibióticos, que piorou o quadro dele e acabou evoluindo para o grau mais avançando da síndrome. Sofreu muito pois a bolhas ficaram enormes, depois de ter passado por três médicos a quarta médica que hoje é pediatra dele conseguiu diagnosticar e passou os remédios corretos e rapidamente ele reagiu!!!!

  33. […] MUNDO OVO […]

  34. drika aguiar
    2 de maio de 2016 at 13:29 — Responder

    oi,meu filho tem menos de 5 anos e ta com a sindrome.queria saber como fica a escolinha,posso levar ele ou nao?

  35. Adriana
    12 de julho de 2016 at 21:22 — Responder

    Oiii minha filha tem um ano e quatro meses… já faz oito dias q esta com esse sindrome mão pé e boca… mais ela já esta bem mellhor mais minha preocupação é q ela ñ quer pegar mais a mamadeira alguem passou por isso sera q ela volta a pegar.

  36. 20 de setembro de 2016 at 14:21 — Responder

    Olá, isso seria o mesmo que a Exantema súbita? são os mesmos sintomas, meu filho teve com 6 meses e acredito que pegou novamente agora com quatro só que as bolinhas foram só na boca e começou espalhar pelo queixo os demais sintomas como febre muito alta.

  37. Giovanna Tabylly
    6 de outubro de 2016 at 8:16 — Responder

    Oi Patricia Tenho 13 Anos e Acho Que Eu Peguei Essa Síndrome Estou Com Esses Sintomas Minha Familia Esta Toda Preocupada e e Mas Ainda Minha Madrinha Foi Hoje No Medico
    Confirma Oque Eu Tenho Estou Muita Nervosa Mesmo

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

Síndrome mão-pé-boca