Barriga de Mãe Dicas e listas

Chá de bebê ou chá de fraldas

Por
Publicado em: 28 de fevereiro de 2013

Quando descobrimos a gravidez, surge um monte de perguntas: menino ou menina? Como ele(a) vai ser? E a decoração do quarto? Como não temos e nem precisamos apressar os dias e meses, buscamos preencher esse tempo planejando. Quando chega a hora de pensar no chá, surge a dúvida: chá de bebê ou chá de fraldas? A diferença é que o primeiro inclui utensílios, acessórios e roupas para o bebê, enquanto o segundo, só fraldas.

Essa escolha depende do que você tiver conseguido comprar ao longo da gravidez. Algumas mães têm a oportunidade de viajar e fazer o enxoval do bebê fora do país, onde compram a lista do enxoval inteira e mais alguma novidade. Outras herdam quase tudo de amigas e parentes. Mas existem aquelas que não conseguem ou não podem comprar o básico e precisam de uma ajuda maior.  O mais coerente é que a grávida que já comprou praticamente tudo opte por um chá de fraldas, e a mãe que não teve a oportunidade de completar seu enxoval, opte pelo tradicional e novamente na moda chá de bebê.

 

Chá de fraldas

Se a sua opção for pelo chá de fraldas, amplie o leque e inclua os lenços umedecidos e as fraldas de praia/piscina. Lembre-se que fralda é um produto que é quase impossível de se trocar. Se fizer a conta errada, já viu…

Para te ajudar, montei duas tabelas, uma com a média de peso que cada tamanho de fralda suporta e outra com o peso médio dos bebês até os 6 meses de idade.

Média de peso que as fraldas disponíveis no mercado aguentam:

  • Fraldas RN – até 4kg
  • Fraldas P – até 7kg
  • Fraldas M – até 10kg
  • Fraldas G – até 13kg
  • Fraldas XG – até 15kg

Captura de Tela 2013-02-20 às 12.28.25

Agora faça as contas:

  • Uso de fraldas nos 2 primeiros meses de vida = 10/dia
  • Do terceiro ao oitavo mês de vida = 6/dia
  • Dos nove meses em diante = 4/dia

Nota: Esses cálculos são baseados em experiência própria e de informações de outras mães.

 

Chá de bebê

Eu particularmente acho um charme ter uma lista montadinha em algumas lojas; me lembra muito um outro momento especial da minha vida – o casamento.

1) Fuja das listas soltas. Você vai acabar com produtos de cores e marcas diferentes e a coordenação entre eles será zero.

2) Vá nas lojas de sua preferência, que possuam uma lista de produtos variada, e verifique se eles fazem listas.

3) Fique à vontade para escolher mais de uma loja. É mesmo impossível achar tudo o que se precisa em um só local.

4) Verifique se eles vendem pela internet e entregam diretamente na casa do presenteado.

 

Ao fazer a lista tenha em mente:

  • Escolha produtos que você realmente precisa ter.
  • Verifique se a loja efetua trocas. Assim, se vocês ganhar presentes duplicados, não fica no prejuízo.
  • Escolha produtos nas mais diversas faixas de preços. Dessa forma, o convidado fica à vontade para escolher o que quer dar e em qual faixa de preço.
  • Não peça roupas, acredite, você vai ter o maior prazer em escolher cada peça para o seu bebê usar com muito charme.
  • As compras coletivas estão na moda, familiares e grupos de amigos se juntam para dar um presente um pouco mais caro. Todo mundo sai ganhando.

 

Abaixo colocamos o link das listas que toda grávida deve ter:

Enxoval do bebê – a lista completa

Enxoval do bebê – o que você NÃO precisa comprar para o seu bebê

 

Bom lembrar também de agradecer a todos que compareceram e/ou enviaram presentes. Lembrancinha ou cartão de agradecimento em nome do bebê é um jeito bem simpático de fazê-lo.

 

Crédito de imagem: Aceito ajuda para dar o crédito à imagem.

2 Respostas para “Chá de bebê ou chá de fraldas”

Deixe seu comentário