A viagem perfeita começa com uma mala bem feita

Nunca fui muito boa em decidir o quanto e o que levar na mala. Em viagem de férias, seja para 15 dias ou um final de semana, sempre acabava achando que ia precisar de alguns itens a mais. Campo, praia ou cidade, não importa o destino, estava fadada a carregar sempre uma mala cheia de opções.

Mas quando virei mãe, me tornei também uma exímia fazedora de malas. Carrego com precisão a quantidade de roupas para mim e o pequeno, nada falta. Calculo os dias, aplico um multiplicador para eventuais trocas de roupa e voilá, uma mala quase perfeita.

Leve em consideração se no destino escolhido existe a possibilidade de lavar alguma roupa, desse jeito ainda dá para diminuir a quantidade de itens. Só não vale ceder à preguiça e acabar ficando sem roupa no meio da vagem.

 

O que não pode faltar em uma viagem com criança pequena:

  • Carrinho – Esse item não pode faltar. Se a viagem for de avião, não se preocupe, o carrinho pode ser despachado na porta da aeronave e não conta como bagagem.
  • Farmácia completa para todos os membros da família – Ficar doente e não ter o remédio indicado para o caso é uma das piores coisas que pode acontecer em uma viagem. Pergunte ao médico quais você deve levar e a dosagem recomendada (para o caso de não conseguir contatá-lo).
  • Se for viajar de avião, faça um kit “mala desviada” para cada mala despachada. Se alguma mala se perder, ninguém fica sem roupa no primeiro dia.
  • Além dos documentos originais, leve uma pasta com cópia do documento de cada um. Você pode optar pelo papel ou colocar tudo isso em algum sistema de armazenamento virtual (Dropbox ou Google Docs) ou ainda mandar para você mesma por e-mail.
  • Distração descartável para cada um dos membros da trupe de viagem. Joguinhos, giz de cera, livros para colorir e revistas. Acabou, é só jogar fora.

 

Divido com vocês os segredos de uma mala quase perfeita.

O que levar na SUA mala:

  1. Chinelo de dedo – você vai precisar nem que seja para andar no quarto do hotel. Elas cabem em qualquer lugar e não ocupam espaço.
  2. Mochila – esqueça a bolsa, as mochilas são muito mais práticas quanto se trata de viajar com crianças. Mochila nas costas = duas mãos livres.
  3. Se estiver frio, abuse de lindas echarpes e cardigans. No calor, vestidos longos e leves e prendedores de cabelo bem transados.
  4. Protetor solar e creme hidratante. Ao acordar protetor, ao dormir, hidratante.
  5. Roupas que combinem entre si, desse modo você cria visuais diferentes com as mesmas peças.

Pense duas vezes antes de levar:

  1. Sapatos de salto – se você acha que vai conseguir sair para jantar com o marido naquele restaurante badalado, ok, mas certifique-se de que você vai ter quem fique com a(s) criança(s) e que o seu dia não vai ser cansativo demais.
  2. Muita maquiagem – leve só o básico e capriche no corretivo. Se você quiser arriscar, rímel e gloss completam o visual.
  3. Bijoux e acessórios – fala sério, a gente mal troca o tênis, que dirá brincos e bolsas. Desencana e aproveite para dar férias também para esses itens.
  4. Toda a sua rotina de cremes – se você não for a pessoa mais disciplinada com a aplicação dos cremes, não vai ser durante a viagem que isso irá acontecer.
  5. Roupas muito justas – A gente incha, às vezes engorda, e ninguém quer ficar desconfortável e triste.

 

Crédito de imagem: MNicoleM

alimentação da mãe e os gases do bebê
Postagem anterior
Cólicas x Bebês - a alimentação da mãe influencia?
Caça aos Ovos de Páscoa
Próxima postagem
Caça aos Ovos de Páscoa - Tutorial

1 Comment

  1. 13 de março de 2013 at 17:00 — Responder

    Adorei!! Ontem mesmo estava documentando minha “lista de mala”…preparando uma pra mim e outra pra minha filha. Essas dicas de dcocumentos (xerox) importantíssima, parabéns!

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Voltar
COMPARTILHAR

A viagem perfeita começa com uma mala bem feita