Eu já passei por isso e sei o quanto é difícil resistir a todas as novidades que chegam em forma de avalanche quando se está grávida. Assim como os bebês, tudo é muito fofo! Se você é mãe de primeira viagem, listamos 10 coisas que você NÃO precisa comprar para o seu bebê; tenha certeza de que sua conta no final vai ser muito mais alta do que o esperado.

Quando você termina de comprar o enxoval e vê a quantidade de tralhas se pergunta como é que um ser tão pequeno pode precisar daquilo tudo para começar sua vida… Precisar ele não precisa de tudo aquilo, pois além da lista básica, que já não era lá muito modesta, está a nossa com lixa de unha elétrica, removedor de melecas atômico etc. Mas é natural, afinal, como pais, queremos o melhor para nossos filhos.

Para não cair em ciladas e se ver com um trambolho sem utilidade em casa, é bom se perguntar mais de uma vez se vocês realmente precisam comprar aquele item.

Para ajudar, fizemos uma lista com 10 coisas que você NÃO precisa comprar:


Previous Image
Next Image
  1. Aquecedor de lencinho umedecido – se você morar no Pólo Norte talvez seja necessário, mas mesmo nas cidades mais frias, a temperatura dentro de nossas casas não é tão mais baixa que justifique a compra.
  2. Edredons e cobertores – a maioria dos bebês dorme com pijama bem quentinho e no máximo uma manta de malha por cima. Os bebês se mexem muito, mesmo os menores, e sugiro investir em pijamas de tecido bem quentinho, sem falar que também é muito mais seguro.
  3. Sapatos – resista bravamente por mais barato que ele seja. Seu filho não vai andar tão cedo e nem precisa ter os pezinhos acomodados de forma pouco confortável em uma estrutura estranha e rígida. A solução ? Divertidas meias que imitam sapatos. Já existem as que imitam tênis com cadarço e também com diversos tipos de laços.
  4. Joelheira – bebês engatinham desde que o mundo é mundo, preciso dizer mais?
  5. Lixeira que neutraliza o odor da fralda suja – lixeiras de última geração que custam quase o preço de um carrinho e que precisam de sacos plásticos também de última geração. Olha a quantidade de cifrão aumentando… Elas prometem neutralizar o odor desagradável da fralda suja de cocô. Mas por quanto tempo se espera que eu deixe uma fralda suja de cocô dentro do quarto?! Lugar de lixo é no lixo. Tenha muitos saquinhos de mercado para jogar esses “presentinhos” direto na lixeira.
  6. Poltrona de amamentação  – eu comprei, assumo, mas para falar a verdade pode ser qualquer cadeira ou poltrona, até o sofá da sala ou a sua cama. Ter gasto um dinheiro grande no combo poltrona + pufe é o meu maior arrependimento. Depois do filho crescido, está lá o elefante branco no meio do quarto.
  7. Aquecedor de mamadeiras – nunca acostumei meu filho com mamadeira de fómula morna e ele não recusou nenhuma mamadeira. Imagina ter que acordar e esquentar cada mamadeira e ele esperar os 3 a 5 minutos indicados na embalagem?
  8. Perfume e hidratantes – Não há necessidade de hidratar o que já está perfeito. Perfumes e hidratastes podem ainda causar reações alérgicas.
  9. Roupas lindas tamanho RN ou P – Seu bebê não vai sair de casa tão cedo.
  10. Dvd do Bebê Mais ou Baby Einstein – não existe nenhum estudo que comprove que nossos filhos serão mais inteligentes porque assistiram desde o útero os DVDs mais vendidos do mundo. A voz dos pais e o carinho nas suas ações são o melhor estímulo que eles podem receber.

 

Boas compras!

 

Crédito de imagem: Todas as fotos foram retirada do site da Amazon

Patricia

Patricia Smith

Patricia Smith é carioca, casada e mãe do Adam, um rapazinho sapeca e sorridente. Professora e nutricionista por formação, migrando para publicidade e auditoria por pressão. Autora do livro "Aventuras gastronômicas de uma mãe de primeira viagem." Do lar e do escritório, mas gosta mesmo é da cozinha.